Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2011

Aos poucos

Imagem
Aos poucos, aos poucos, vai se percebendo que a obra do porto de pescas do Porto Formoso deixa muito a desejar, tal como foi explicado aqui n´A Casa da Mosca corria o ano de 2008. Na altura ninguém ousava criticar aquela obra. Pouco tempo depois surgiram notícias nos jornais e TV que os pescadores estariam descontentes com a obra (ainda nem há electricidade no porto), agora surge esta capa de jornal em que a Associação Ambientalista Amigos do Calhau denuncia o lamentável esgoto e a inqualificável e mal-cheirosa Ribeira do Lugar. Um caso de saúde pública.Depois da merda despejada pela Ribeira Grande Mais no esgoto que vai dar à Areia do Cabo (já foi alguém preso, multado ou despedido por isso?), da vaca morta na Areia do Meio, continua a desgraça na baía mais linda de São Miguel. Agradeço à Câmara da Ribeira Grande o contributo para proporcionar mais alegria neste país num momento de crise. As justificações da CMRG fazem rir o mais entediado dos seres humanos. Na altura das obras dos “…

Santos e Espíritos Santos

Imagem
Há alguns anos atrás, as festas do Espírito Santo e do São João pareciam encaminhar-se para uma morte lenta, pela forma como decorriam. Os arraiais vazios, era o cabo dos trabalhos para arranjar pessoas para formar a procissão, as comissões eram dificilmente formadas e sempre por elementos mais velhos. Parecia que tudo tendia para o final. Hoje, por um fenómeno qualquer que um sociólogo entendido na matéria explicaria melhor que o autor destas linhas, as festas estão cheias, os arraiais também, as comissões aliam a experiência dos mais velhos à irreverência dos mais novos, as procissões são enormes e engalanadas, enfim... a população retomou o gosto pelas festas populares. Mais importante do que a maior intensidade das festas tem sido o florescer de novas idéias: as sopas em todos os impérios, actuações de artistas locais, até declamações de quadras por cavaleiros pudemos assistir!! Digo, porque é isto que penso, que com a excepção da procissão de N. Sra. da Graça, estas festas, na devi…