2005/08/31

Propostas a serem entregues às listas candidatas

Muito se tem escrito sobre a actuação da junta de freguesia e da oposição, contudo, é chegada a altura dos bloggers contribuirem com propostas que sejam realistas, necessárias e cuja execução não custe muito dinheiro aos cofres da junta.

Assim, convido todos os leitores/comentadores a colocarem aqui as suas propostas, que serão entregues em mão aos dois cabeças de lista do PS e PSD.

2005/08/23

Pub


.bar/discoteca
.porto formoso 8 - 15 Set
.tasca c/ petiscos regionais
.local - campo de futebol

2005/08/19

Águas azedas

Qual o turista ou mesmo açoriano de gema que nunca foi às nascentes de "água azeda" das Furnas, junto às caldeiras? São às centenas as pessoas que por lá passam diáriamente.
Pois bem, temos na nossa freguesia duas nascentes totalmente abandonadas. A primeira fica na ribeira após o pasto que se segue ao parque de estacionamento da Praia dos Moinhos. É necessário atravessar o pasto (que no fim é inclinado) e ao chegar à ribeira, atravessá-la e subir umas pedras escorregadias. Enfim, beber aquela àgua maravilhosa é uma aventura que pode acabar com uma queda nas pedras da ribeira. A outra, mais conhecida, fica no início da subida da ladeira da velha. Descem-se umas escadas muito feias (desculpem o pretenciosismo estético) e parcialmente destruídas e em baixo está a nascente, ao lado da ribeira e com um tanque de água abandonado por trás.
Em qualquer dos casos não há nenhuma indicação da existência de uma nascente, os locais estão degradados e os acessos muito maus.
Estas nascentes são uma mais valia turística para a nossa freguesia. A sua recuperação e divulgação é necessária e urgente. São estes pequenos pormenores que fazem a diferença!

2005/08/11

Aparentemente férias

Desde Sábado, 6 de Agosto, que me encontro de férias no Porto Formoso. Deu para perceber que a Casa da Mosca é um tema quente na freguesia. Claro que nem todas as pessoas sabem da sua existência, mas ouve-se falar de uma “coisa que está na internet”.
É interessante verificar que a novidade é transmitida de pessoa para pessoa de uma forma sigilosa, como que “não digas que fui eu que disse, mas há um blog...” Será que a liberdade de expressão tem der ser divulgada na clandestinidade? Não! O que falta é a cultura da liberdade de expressão. De facto, muitos comentários pouco interesse trouxeram à discussão, mas muitos outros trouxeram ideias, propostas, informações e debate que servem de mote a que as pessoas pensem os problemas da freguesia, contribuam com ideias e não se limitem a dizer mal desta ou daquela pessoa. Houve até comentários que precipitaram acontecimentos importantes para o Porto Formoso: a construção do campo de futebol de salão, a troca da modalidade de basquetebol pela de voleibol, a descoberta do motivo da bandeira azul não hasteada, as listas dos partidos à junta de freguesia foram divulgadas numa altura em que praticamente ninguém as conhecia, etc. Não me parece que este blog e os seus bloggers sejam os responsáveis directos por tudo isto, mas as coincidências são demasiadas. Os comentários da Casa da Mosca são em número elevado comparados com outros blogs açorianos, as visualizações estão a chegar às 3000 num mês e meio, mas o que poucos sabem é que há muitas pessoas “importantes” da freguesia que vêem o blog quase diariamente, lêem todos os seus comentários, questionam-se sobre quem são os comentadores, mas não o comentam. O blog, para essas pessoas, é uma forma de se inteirarem das opiniões dominantes na freguesia. O que essas pessoas se calhar não sabem é que, ao lerem o blog e os seus comentários, estão a ser influenciadas, obrigadas a pensar na freguesia, nem que seja pelo simples facto da linguagem não ser um acto automático.
As férias dominam o blog e esta época do ano, a praia está cheia com ou sem bandeira e com ou sem esgotos, mas quase na calma dos dias solarengos e pachorentos estão a acontecer muitas movimentações na nossa freguesia... obras que se avizinham, contactos que se realizam para as festas. O Porto Formoso já esteve mais adormecido do que agora. Novidades virão.
Boas férias.

2005/08/02

Nobreza no Porto Formoso

Título criado por D Luís I, rei de Portugal, decreto de 26-01-1871 a favor de: Jacinto Fernandes Gil, 2º visconde de Porto Formoso * 1874

Titulares - 3 Pessoas
1. Jacinto Fernandes Gil, 2º visconde de Porto Formoso* 1874
2. Jacinto Fernandes Gil, 1º visconde de Porto Formoso * 1823
3. Joaquim Fernandes Gil, 3º visconde de Porto Formoso *


E-mail

acasadamosca@yahoo.com

Agenda

Início de Colheita - Chá Porto Formoso | 2 de Maio

Lido e percebido

"Onde está a minha terra? com o seu cheiro do mar misturado com o do trigo...que a brisa trazia da "ponte" até ao meu "jardim" onde me deliciava com a conversa do "tio evaristo"???...Está tudo tão perto da minha alma pois tudo faz parte do meu ser... Foi neste Porto Formoso que nasci, cresci e saí ficando para sempre.", comentário colocado por um anónimo no post Esclarecimentos em 14/02/2008

Últimos posts

Locations of visitors to this page