Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2006

O primeiro passo

Imagem
Aspecto geral do grupo
Uma das paisagens que se avistam durante o trilho Às 14:30 de Segunda-feira, 22 de Maio, com um dia magnífico, juntaram-se alguns amantes da natureza e seguiram o trilho que foi proposto aqui neste blog. O percurso realizado foi o seguinte: Jardim/Rego Dágua/Fabrica de Chá/Ribeira das Lajes/Plantação de Chá/Caminho da Roça do Louro/Ferreiro/Courela/Jardim. O passeio pedestre contou com a presença do Dr. Teófilo de Braga da Associação Amigos dos Açores e representantes da Junta de Freguesia de forma a que o trilho futuramente seja oficializado, sinalizado e limpo e conste nos guias turísticos de trilhos da Ilha de São Miguel. Seria de grande interesse para o Porto Formoso a criação deste trilho. O primeiro passo está dado, a ver vamos.

Apresentação da equipa de Futsal

Imagem
Esquerda para a direita, em cima: Pedro Janeiro, Luís Valério, Nicolau Timóteo (tesoureiro da junta), Patrícia Teixeira (secretária da junta), Emanuel Faria (presidente da junta), Emanuel Furtado (presidente da assembleia), Paulo Pacheco, Sérgio Pacheco, Artur Furtado (treinador). Em baixo, pela mesma ordem: Duarte Rebelo, Nelson Moniz, António Amaral, Paulo Soares, Ruben Soares, Luís Farias.

No passado Domingo, dia 14 de Maio, pelas 14hoo foi apresentada a equipa de futsal do Porto Formoso num jogo com a equipa da Maia. Pela primeira vez a nossa freguesia tem uma equipa nesta modalidade. As sementes estão lançadas...

O nosso problema

Quem, sem saber como, pudesse fazer uma viagem de 32 anos no tempo, desde o 25 de Abril de 1974 até hoje, verificaria que o Porto Formoso está incomparavelmente melhor.
Mas, será que evoluímos o que seria desejável? Penso que não.

Maia e Ribeirinha / Porto Formoso

Olhando à nossa volta temos a Ribeirinha, a Maia e São Brás. Quer a Maia, quer a Ribeirinha estão mais desenvolvidas que o Porto Formoso, ninguém tem dúvidas acerca disso. Vejamos o caso da Maia: tem uma Santa Casa da Misericórdia, uma escola nova a leccionar até ao 9º ano, dois bancos, um multibanco, uma farmácia, uma casa senhorial de turismo de habitação, uma equipa de futebol e já basta de exemplos. Neste caso e no caso da Ribeirinha aceita-se o argumento de que essas freguesias têm mais população, por isso, são mais desenvolvidas e atraem mais investimento.

A comparação São Brás / Porto Formoso

Não sei se São Brás tem mais de 400 pessoas, ou seja, um terço das pessoas do Porto Formoso. Em São Brás, nos últimos tempos, assist…