Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2007

Adeus placa, olá tubo!

Imagem
Não seria de esperar outra coisa: a placa que sinalizava (erradamente) a chegada à freguesia de São Brás foi retirada. Neste assunto, nada havia a discutir. A placa não podia estar ali porque não é naquele local que começa São Brás. No entanto, se aquela placa continuasse serena, a "olhar" o Porto Formoso do alto da estrada, tinha mais significado do que as palavras nela escritas. No fundo, significava o imobilismo, a inoperância e o "deixa andar" a que chegou a sociedade do Porto Formoso, com todos a proclamarem com orgulho o ser Portoformosense, mas com muito pouco com que se orgulhar além da natureza, história e gastronomia. Nesta sociedade actual que não consegue manter ou criar uma associação desportiva, uma casa do povo funcional, um centro multiusos, um pequeno posto de cuidados de saúde, um centro de dia para idosos, uma pequena cresce, uma associação cultural, que já nem consegue organizar um jogo de futebol de casados contra solteiros, a esperança de uma …

Primórdios do futebol

Imagem
De pé da esquerda para a direita: Zeca Aguiar, Ferreiro, José Manuel Grilo, Bita (?), Manuel Rodrigues e Frade. Em baixo da esq. para a dir.: António Gil, Laudalino Viana, Messias Teixeira, José Rodrigues e Manuel Mendonça.
Já aqui n´A Casa da Mosca foram publicas algumas fotos de antigas equipas de futebol do Grupo de Futebol Desportivo do Porto Formoso. Nas fotos já publicadas era possível observar o melhor período da história do nosso futebol, no final dos anos 70 e depois a chegada do Sir Ted Smith como treinador.
Esta foto, contudo, foi retirada do baú das recordações, antes do futebol atingir o auge. Aqui as botas eram do sapateiro e ninguém sabe se as camisolas tinham número.
Neste tempo para jogar futebol era necessário fazer sacrifícios pessoais e estes homens faziam-no... em nome da bola!