2007/06/25

Sopas de São João 2007

a mesa posta
início da benção

Numa noite muito agradável, o convívio proporcionado pela festa de São João, provou que as cozinheiras e cozinheiros da nossa terra estão em forma. Da sopa de legumes, à carne assada, ao inhame suculento, às favas guisadas acabando no arroz doce estava tudo muito bom.
É uma alegria ver uma festa que esteve para acabar, apresentar todo este dinamismo.
Será que para o ano vai haver São João?

2007/06/17

Fugir deste mundo

baía do Frade - recanto perdido no Porto Formoso

Nos dias que correm o mundo merece que saiamos dele. Por vezes, ficamos sem forças, incrédulos, perante tanta parvoíce à nossa volta que nem o Porto Formoso serve de refúgio. Torna-se necessário encontrar um refúgio dentro do Porto Formoso.

Depois de saber que as piscinas principais da cidade da Ribeira Grande ficaram a funcionar 14 dias sem Nadador Salvador, com conhecimento da Câmara, pondo em causa a segurança dos utilizadores, porque um funcionário da câmara decidiu dizer, em reunião, que os nadadores salvadores do concelho da Ribeira Grande só querem é dormir e falar ao telemóvel, o que fez com que os nadadores fizessem greve e exigissem um pedido de desculpas.
Depois de ver o material velho e obsoleto que têm os nadadores da Praia dos Moinhos e reparar que todos os anos a Câmara diz que não tem dinheiro para material novo (houve um ano que até a água oxigenada acabou) e que mesmo assim, nunca houve uma morte durante a época balnear.
Depois de registar que a melhor praia de São Miguel só mereceu uma pintura nos balneários e no corrimão.

Depois disto tudo, e de muito mais o que me apetece é passar o Verão na baía do Frade! Numa das melhores piscinas naturais dos Açores, que não tem balneários, nem caixotes de lixo, nem bares, nem incompetentes.

Bem longe disto tudo! E que ninguém por lá apareça.

2007/06/01

Movimento


helicóptero Merlin a aterrar

De regresso ao Porto Formoso, muito movimento.

Helicópteros a aterrar e levantar na "ponte", corvetas da marinha ao largo da baía, militares do exército de moto4 na rua, bombeiros na Areia do Meio, jipes da protecção cívil no Coucinho, uma pessoa imobilizada numa maca junto à loja do Alvarins. Ontem foi dia de exercício de simulação de catástrofe no Porto Formoso. Parecia mesmo real. Foi pena que não tenham integrado ninguém da população local, porque numa catástrofe quem chega primeiro são os que lá estão.

Muita gente a trabalhar em obras: casas a serem recuperadas, contruídas, pintadas, rebocadas.

Funcionários da CMRG, com uma lentidão solene, a pintarem os balneários e o corrimão da Praia dos Moinhos. Faziam pequenas coisas que fazem com que tudo fique igual ao ano passado.

Os pais e os avós a irem buscar as crianças à escola. Agora as crianças vão de carro ou então os pais ou os avós acompanham-nas a pé na hora de almoço e ao fim do dia. A Rua das Escolas fica com trânsito na hora de almoço. Pensava que as crianças iam para casa a pé, brincando pelos caminhos.

Um casal de turistas pára o carro de aluguer e começa a andar pela freguesia de mochila às costas.

Um grupo de pessoas montam os mastros, bandeiras e iluminação do Império da Santíssima Trindade junto ao jardim do Outeiro.

Mais obras. Na ribeira do Coucinho, continuam as obras na ponte para que a água passe sem demoras.

Tudo isto numa 5ª feira à tarde...

E-mail

acasadamosca@yahoo.com

Agenda

Início de Colheita - Chá Porto Formoso | 2 de Maio

Lido e percebido

"Onde está a minha terra? com o seu cheiro do mar misturado com o do trigo...que a brisa trazia da "ponte" até ao meu "jardim" onde me deliciava com a conversa do "tio evaristo"???...Está tudo tão perto da minha alma pois tudo faz parte do meu ser... Foi neste Porto Formoso que nasci, cresci e saí ficando para sempre.", comentário colocado por um anónimo no post Esclarecimentos em 14/02/2008

Últimos posts

Locations of visitors to this page