Baú das recordações

A Casa da Mosca como baú das recordações! Depois de várias fotos antigas, de vários documentos antigos, surge agora uma gravação vídeo.

Infelizmente para nós, não existem muitos vídeos que possam transportar para o presente os pedaços da nossa história. Para além de outras gravações raras e particulares de épocas mais antigas, o pouco que existe são alguns vídeos da década de 90 do século passado que o Luís Furtado registou na sua câmara.

Ao mergulhar no seu arquivo VHS surgiu esta pérola: o jogo de entrega de medalhas pelo 3º lugar obtido pela equipa de futebol de 11 do Porto Formoso em 1997.

Estávamos então pelas 15h no dia 4 de Janeiro de 1998 no "Estádio da Tapadinha" sito à Rua das Escolas e o espectáculo ia começar...

Equipa do Porto Formoso - 3º lugar INATEL from Bruno Raposo on Vimeo.

Comentários

Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
deus2deus disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
deus2deus disse…
O futebol no Porto Formoso é uma religião.
O povo do Porto Formoso adora ir ver futebol e lembro-me desse jogo e desse dia.
Vejam a quantidade de gente que está assistir a esta partida que era uma partida amigável e não contava para nada servindo para entregar umas medalhas que estavam ganhas.
Quando a equipa da inatel Satrel tinha maus resultados o povo comparecia sempre em grande numero e quando estava nos lugares de cima havia uma fila de gente do principio ao fim da linha e era Janeiro e com sol estava frio.
No Porto Formoso vai mais gente ao futebol do que na Maia e na Ribeirinha que tinha equipas na associação. Rabo de Peixe era o sitio onde ia mais gente e vivem lá sete mil pessoas.

Vendo bem para o nivel da inatel o Porto Formoso tinha uma grande equipa nesse ano. No banco ficou o Viana o Pacheco e o Iroi vejam bem para ter jogadores desses no banco.

Nessa altura a casa do povo ainda era viva, o presidente da casa do povo dava a cara e estava presente e o responsável pelo futebol era o João Viana.

Como o tempo voa!

Adeus e obrigado por este filme
jakinzo disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
jakinzo disse…
Gostei deste vídeo do Luís Furtado. Compreende-se perfeitamente as vivências destas pessoas e destes jogadores relacionadas inteiramente com "a bola" e o desligamento dos contractos, das mordomias de um futebol profissional. Impera o amor à camisola, o jogar "à bola" sem nada em troca a não ser o prazer de jogar.
O Regedor disse…
É um autêntico descalabro o que está a acontecer nos novos balneários da Praia dos Moinhos.

Inaugurados há cerca de um ano, os chuveiros e lava-pés exteriores estão avariados há vários dias sem quem ninguém os repare.

No passado fim-de-semana, que foi apenas o fim-de-semana com melhor sol e com mais gente na praia em todo o Verão, estavam apenas disponíveis um duche para homens e um duche para mulheres, numa obra que custou 500 mil euros!

Além disso, sei de fonte segura que as empresa (ir)responsável pela sua manutenção, a empresa municipal Ribeira Grande Mais (ou será Menos?) sabe da avaria pelo menos desde 2ª feira.

Acho que não é necessário dizer mais nada acerca de como esta gente trata a nossa praia, porque se fosse no Areal de Santa Bárbara o problema estaria resolvido no mesmo dia.

Cumprimentos
JAGPacheco disse…
VERÃO NO PORTO FORMOSO

QUENTE
O VI Festival de Folclore do Porto Formoso, uma feliz iniciativa bem organizada e muito querida pela população da nossa terra.

MORNO
Positivamente, o Parque de campismo dos Moinhos encaixa dentro do moderno conceito de “Parque de Campismo Natural” oferecendo apenas as infra-estruturas mínimas aos campistas. O local foi ajardinado e foram beneficiados os acessos á Cascata e Água Férrea das Pachecas.

Negativamente, quem queira ir encher um garrafão de água férrea ou dar um mergulho na cascata, este Verão, tem de passar no meio das tendas, por não existir acesso individualizado, o que naturalmente afecta a privacidade dos campistas.
Para além dos carros estacionados ao lado da tenda, situação no mínimo insólita.
Oxalá não venham a surgir acampamentos de carácter permanente e que o local não se transforme rapidamente num aldeamento turístico clandestino.

NATURAL
Depois das Festas de Nossa Senhora da Graça o Senhor Padre Leonardo Cabral será provavelmente substituído na paróquia do Porto Formoso, pelo Sr. Padre Jorge actualmente responsável pela paróquia da Maia e Lomba da Maia.

FRIO
A Canada do Mato do Outeiro (Caminho Municipal), no fim-de-semana 7/8 de Agosto, veio revelar mais uma vez a sua importância como alternativa de acesso para o Porto Formoso.
Não aconteceu nenhum sismo, derrocada ou incêndio em que os meios de socorro necessitassem de se deslocar ao centro da freguesia. Simplesmente no âmbito das SCUTS as obras de construção das novas pontes da Lombinha, Ribeira das Lages e escavação da recta do Salto, deixaram os lavradores da Maia, S. Braz e Porto Formoso, com lavouras na Mata Alta, Lombo Gordo e Caminho Chá do Sr. Amâncio durante dois dias sem outra alternativa que não fosse a esquecida e abandonada Canada de Mato do Outeiro.

MUITO FRIO
Infelizmente, a violência contra idosos continua. Foi notícia esta semana no A O, mais um assalto a um idoso com 91 anos, no Porto Formoso.
Jabf disse…
Já lá vão uns inúmeros 12 anos. Numa altura em que os 18 anos de idade era uma espécie de bilhete, há muito ambicionado,para ver o filme :A emancipação.
Bem, liberdade nunca faltou aos jogadores da Inatel, no que toca ao ao cumprimento dos treinos, à assiduidade, pontualidade, não esquecer que o banco era só para aqueles que treinavam durante a semana. Enfim, a Inatel sem esses requesitos não tinha graça. Saudades desse tempo. Um abraço. SLB
O Regedor disse…
Na altura o Luís Torres era o Carlos Queirós da Inatel.
Dizer que se era parecido ao Carlos Queirós, era, ao tempo, um elogio. Hoje é quase um insulto.
Como tudo muda!
Silva disse…
Muito quente mesmo é o continente o meu País. Quem será seus autores, será pirómanos, negócios de máfiosos, ou terroristas, como diz Alberto João Jardim. Será que com uma policia florestal, como havia há muitos anos atraz, não seria mais económico para o País do que ver um país a arder sem meios que chegue para tal. Bom o tempo dirá?...


Morno diz JAGPacheco o nosso parque de campismo. Aquilo não são campistas, são mais "patos bravos". Bom diga-se a verdades a camara devia ordenar aquele parque mesmo que provisório, por sinalética adequada a proibir a entrada de veículos. Mas a fim de dar o exemplo os seus trabalhadores quando da limpeza, levem a carrinha mesmo bem para o centro, claro o que esperamos que outros sigam o exemplo.

Caixoeira está bem ornamentada, o que deviam de fazer era aproveitar a agua ferra fazendo um lago, de forma, que se pudesse dar um mergulho, outro ponte, era aumentar o parque de campismo na direcção poente da agua ferra. Embora à quem diga que é para fazer um parque de merendas, o que não acho mal mas pelos vistos, o parque mesmo que seja ordenado não será suficiente para os adeptos de campismo, que gostam daquêlo local.

A camara, demarcou nas curvas, junto à praia e lugares de estacionamento, com faixas amarelas. Voltam os "patos bravos" estacionam, sem quererem saber de outros que ali circulam. Claro se a linha é amarela carece de reboco sem qualquer desculpa para o prevaricador, mesmo que chego na hora H, desde que tenha sido feito o contacto com o reboco, é logo pago. Quando ouve a interrupção de trânsito, eu vi o reboque da Policia, junto à entrada da Ladeira da Velha pensei que fosse, um exemplo, a seguir. Mas pelos vistos, foi só na quê-lo dia será que a azafama foi pouca e não compensou?...Bom lá que o reboque é preciso isto é!..... E a acompanhar alguns bloqueadores, nada disto é difícil da parte de quem compete fazer, tal serviço!....Se não for assim continua os tais "patos bravos". E continuamos na mesma, por falta de uma coisa tão simples que é os bloqueadores.
Enfim desleixo, compensado pela democracia, a que outros não a tem direito, por ser retirada aos outros cidadãos, pelos tais P. B.!....
aguia disse…
Toda a comunicação social noticia as medidas tomadas pela Segurança Social, dizendo que 4071 famílias vão ter cortes no Rendimento Mínimo. Esta medida vai atingir 70% das famílias.
Vamos a ver se vai haver mais gente para trabalhar as nossas terras e acabar alguma malandrice ou se vão aumentar os roubos para manterem o mesmo tipo de boa vida.
virafoto disse…
Meu amigo Águia, não vale a pena sonhares de muito alto, se queres ver as tuas terras trabalhadas, desce em voo picado e vem tu trabalhar, e depois verás quem se vai rir?...Esta saga social, não vai parar, enquanto houver políticos que não olham a meios para verem os seus fins. Aqueles que vão sair agora do rendimento social, são quase os mesmos que entram, quando da altura das eleições, foi-lhes dado, pelos tais solidários, que para verem mais uns votos, toca a dar sem olhar a meios!... Isto só irá quando todos nós tivermos fartos e dizermos basta!....Sabe Deus quando?.....
JAGPacheco disse…
Sem “medir a temperatura” nem dar opinião acerca de um mês assisti, num café do Porto Formoso, a uma enorme e acalorada discussão cujo tema era o seguinte: “O funcionário da autarquia responsável pela limpeza das ruas e locais públicos deverá ter férias na época de Inverno ou na época de Verão”.

Uma das facções afirmava que no Inverno tinham grande importância os trabalhos de limpeza de valetas e sarjetas, afim de evitar pequenas inundações e males maiores.
Os outros insistiam que no Verão as artérias e acima de tudo os espaços como o jardim (trincheira), onde já se acumulava variado lixo, deveriam estar limpos para bem receber os forasteiros.

Não sei se por uma questão de cidadania ou de proximidade, as pessoas manifestam interesse na limpeza da freguesia e na gestão de pessoal da autarquia. O que podemos constatar é que o papel do funcionário é importante. Após a sua entrada ao serviço as coisas andam muito mais limpas.
virafoto disse…
O nosso funcionário da Junta de Freguesia, tem o direito a um plano de férias, como um de nós qualquer, podem ser repartidas em duas ou mais se a ele convier, nunca deve ser imposto a ele entrar de férias em alturas que menos fazem falta à freguesia a não ser por acorde mutuo. Pois a viatura, que esta Junta tem, foi ele que a recebeu por ser funcionário e ter carta de condução, mas pelos vistos, só serve para andar em cima da carroçaria, quanto outros levem quem bem, querem dentre da mesma, que nem fazem parte da mesma Junta, para além de serem, cidadãos desta freguesia. Amigos assim não!... Vamos dar o seu lugar a quem de direito!..... Ou não estamos numa democracia?.......Pois esta serve, para os seus funcionários, e todo o elenco da Junta quando em serviço!......
JASRAPOSO disse…
A Câmara Municipal da Ribeira Grande iniciou hoje a distribuição dos primeiros 14 oleões em todas as freguesias do concelho para a recolha de óleos usados domésticos.
A cerimónia simbólica de colocação do primeiro oleão teve lugar junto à Escola Básica da Matriz, contando com a presença do vereador Fernando Sousa, responsável pelo pelouro do ambiente da Câmara Municipal e da Presidente da Junta de Freguesia da Matriz, entre outras entidades ligadas à área do ambiente

UMA BOA NOTÍCIA
aguia disse…
Só vejo na minha terra os cartazes da ida festa de S.Brás e mais dois a anunciar a vinda de um casal de cantores para a festa de Nossa Senhora da Graça. É só isso? A festa é já daqui a menos de 15 dias e nem sequer há um post. Isso a que vai uma crise.
O Regedor disse…
Caros bloggers,

segundo uma fonte existe uma situação algo "complicada" a decorrer no Porto Formoso neste momento.
O novo post aguarda que estejam reunidas provas consistentes sobre a mesma situação.
Se tal não for porssível, outro post será colocado.
JASRAPOSO disse…
A Câmara da Ribeira Grande instalou um sistema de wireless na Ribeira Grande, Maia e em Rabo de Peixe. As outras freguesias ficam a ver navios...
deus2deus disse…
Podiam os bloggers informar quem era a junta de freguesia que aparece nestas filmagens?
Os elementes presentes no campo são o delgado de futebol João Viana e que penso ser elemento da assembleia de freguesia na altura, depois o presidente da defunta casa do povo Laudalino Moniz, o José Eduardo Cabral presidente da junta, o Emanuel Faria secretário e o Manuel do Cerrado tesoureiro.
Estou certo ou estou errado?

Adeus
virafoto disse…
O concelho da Ribeira grande não tem só as freguesias de Maia, Rabo de Peixe e o Porto Formoso, sendo assim ficaram muitas a ver navios, mesmo a cobertura de telemóveis não está coberto a cem por cento, veja-se nos lados dos moinhos e Ribeira Seca quem é que, telemóveis dentro de casa. Já a Junta de freguesia, fez algum pedido para completar aquela área com telecomunicações a cem por cento?.Na TMN dizem que compete à junta fazer novo pedido a fim de eles, fazerem um novo estudo da área afectada. Sendo assim a meu ver não deviam instalar rede de wireless, na freguesia enquanto não corrigiram a situação já apontada, para não serem sempre os mesmos uns, filhos do Porto Formoso e os restantes filhos de quem?....Ou é para todos ou não é para ninguém!....
O Regedor disse…
Vários

- tenho a esperança que o Porto Formoso tenha sido contemplado com um "oleão" destinado à reciclagem de óleos domésticos. Tenho a impressão que a população tem aderido à reciclagem, pois vejo frequentemente pessoas a depositar a sua reciclgem nos contentores. Ao mesmo tempo verifico que por vezes estes estão cheios;

- não sei porque razão a câmara não instala wireless nas outras freguesias;

- ao ler as actas da Câmara noto que, mais uma vez, a barraca das festas irá ser organizada pelo Grupo Folclórico de N S da Graça. Saliento apenas o facto de achar necessário mais um espaço de comes e bebes nas festas, pois isso produziria mais alternativas, mais movimento, mais qualidade, no fundo, mais concorrência. Como exemplo, refiro que foi no ano em houve mais uma barraca durante as festas da freguesia, que a barraca das festas apresentou mais qualidade e diversidade de oferta. Daí para cá, sem concorrência, não admira que não tenha sido assim. As coisas que uma boa concorrência pode fazer! Toda a população ficaria a ganhar;

- também eu não percebi a composição da Junta de Freguesia que aparece no vídeo do Luís Furtado;

- ao passar alguns dias na ilha do Pico não pude deixar de reparar nas inúmeras actividades desenvolvidas pelas Casas do Povo, Bandas Filarmónicas e Juntas de Freguesia. Muitas vezes em localidades com 300 habitantes. Onde está o milagre?

ps. infelizmente não estarei cá por altura das festas. Ao longe, durante o fim-de-semana, em especial no Domingo da procissão, não deixarei de pensar nas festas e na minha freguesia.
Helder Araújo disse…
Gosto deste vídeo do Luís,faz me lembrar quando era miúdo do meu pai me levar a ver o jogo,num campo onde a relva quase não existia,Grandes são as recordações que tenho do meu tio josé victor e de todos aqueles jogadoros e derigentes que apesar das dificuldades que a altura predominavam,sempre lutaram.
Os meus Parabéns pelo registo...

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha