Preto e Branco



Fantástica foto da área mais antiga do Porto Formoso, segundo os historiadores: a Ribeira do Lugar.
Peço a atenção para o mítico chafariz do jardim (todos falam que existia, mas que poucos se lembram), para a nítida diferença de cor entre os dois primeiros lanços de escadaria do adro da igreja em comparação com o último, para a típica família rural à esquerda e para os telhados de colmo (será colmo?).

A fotografia será da coleção de Gilberto Nóbrega, muito provavelmente de finais dos anos 40 do século passado. Parece, claramente, que foi tirada da casa de António Lima Raposo.

ps. Esta foto encontra-se exposta na Fábrica de Chá Porto Formoso.

Comentários

JAGPacheco disse…
A fábrica de chá Porto Formoso, de há mais de 10 anos a esta parte, que tem exposto na sala de chá esta fotografia histórica.
Nos jardins da Fábrica também existe um lintel (verga que encima porta) com data de 1762, recuperado da ruinas da antiga serragem e que prova a data da sua construção.

Na fotografia a serragem de facto está sem telhado, poderíamos pensar erradamente que se trata da época em que foi construída, mas segundo testemunhos orais tratou-se de um incêndio que lhe destruiu a cobertura.
O enorme monte de lenha (ramada) na sua proximidade servia de combustível para o “Forno da Cal” que ali existia e que as obras recentes puseram parcialmente à mostra.

Podemos também observar na rua padre João Botelho de Couto, uma casa construída em 1901 e embora fora do campo da foto poder-se-ia ver a data de 1948, porque se nota perfeitamente que a “Rocha” já está ajardinada.

Embora a segunda guerra tenha terminado em 1945, julgo se poderem observar vestígios da “Trincheira” que ali existiu durante a segunda guerra mundial que em conjunto estratégico com os subterrâneos da ponte defendia a baia de um eventual desembarque de tropas inimigas.

De facto o Jardim já foi apenas um “ terreiro “ aberto com um chafariz no meio. O chafariz um simples tanque redondo, constituído por um murete em alvenaria com os bordos em pedra lavrada.
Esta pedra serviu posteriormente para construir a escada que fazia a ligação entre o jardim de cima e o jardim de baixo e atualmente desaparecida.
O chafariz foi mandado demolir (imaginem) porque era hábito os lavradores ali darem de beber às vacas.

Como a fotografia supostamente deverá ser atribuída a Gilberto Nóbrega que chegou a são Miguel em 1942, podemos arriscar datar esta imagem muito próxima de 1950

Para quando instalação de um painel no jardim com informação em Português e Inglês sobre a riqueza histórica do “LUGAR”
JASRAPOSO disse…
ESTA FOI-ME ENVIADA POR PESSOA AMIGA

E COMO ORIGEM É ORIGEM...

Meus amigos
Aqui vai uma explicação muito pertinente. ( e não pertinenta )

Infelizmente depois da presidente do Brasil ter dito que era a "
presidenta " de todos os brasileiros começa a ser moda agora ignorar a
ORIGEM do bem falado e escrito português, digo língua portuguesa (
para não falar, mais uma vez do triste acordo)

Infelizmente a jornalista Pilar del Rio costuma explicar, com um ar de
catedrática no assunto, que dantes não havia mulheres presidentes e
por isso é que não existia a palavra presidenta... Daí que ela diga
também e insistentemente que é Presidenta da Fundação José Saramago e
se refira a Assunção Esteves como Presidenta da Assembleia da
República.

Ainda nesta semana , escutei Helena Roseta dizer : «Presidenta!»,
retorquindo o comentário de um jornalista da SICNotícias, muito segura
da sua afirmação...

A propósito desta questão recebi o texto que se segue e que reencaminho:
Uma belíssima aula de português.
Foi elaborada para acabar de uma vez por todas com toda e qualquer
dúvida se temos presidente ou presidenta.

A presidenta foi estudanta?!...

Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?
No português existem os particípios activos como derivativos verbais.
Por exemplo: o particípio activo do verbo atacar é atacante, de pedir
é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de
mendicar é mendicante... Qual é o particípio activo do verbo ser? O
particípio activo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele
que tem entidade.
Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a
ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os
sufixos ante, ente ou inte.
Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta",
independentemente do sexo que tenha. Se diz capela ardente, e não
capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz
adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".

Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
"A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco
pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada
representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela
ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas
atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre
português, só para ficar contenta".

Por favor, pelo amor à língua portuguesa, repasse essa informação...
Silva disse…
............Um bonito registo

Bonito registo, que fica aqui desta bonita foto, bem como do nosso amigo José António G.Pacheco. Provavelmente esta foto foi tirado no verão, olhando bem para o terreiro nota-se bem o esgoto do chafaiz a céu aberto em direcção à valeta lado esquerdo. Pois parece estar a sofrer de obras se reparamos tem um taludo de terra sinal de que vai haver obras. Em Outubro de 1944, partiram o ultimo contingente de tropas do Porto Formoso, e provavelmente após a saída deste, devem ter remodelado o terreiro e demoliram a trincheira e claro provavelmente o chafariz.
Data aproximada desta foto, olhando para os figurinos, que parecem ser filhos do (Tio)srº. Joaquim Benjamim, José,Joana, Joaquim e a outra não me lembre do nome. O Joaquim, parece ter entre dez a doze anos, visto ter ido para a tropa em 1957?, onde prestou serviço na Índia regressou em 1959, ou muito aproximado. Sendo assim deve ser entre anos 48 a 50....
JASRAPOSO disse…
UM CERTO OLHAR...

Começou o mês de Outubro e com ele o aumento da electricidade e do gaz, para começar.

O Governo já anuncia que o consumo público irá ter um quebra de 25% nos anos de 2012 e 2013 e o privado de 5% no mesmo período.

O caminho é estreito, mas é o que teremos de percorrer.

A partir de agora o lema passa a ser:

COMPRAR SÓ O QUE É POSSIVEL
QUANDO PUDER E
O MAIS BARATO POSSIVEL.

Como dizem os nossos amigos chineses - Não interessa se o gato é branco ou preto, o que interessa é que apanhe ratos..

Algums criaram a crise, mas estamos todos convocados a resolvê-la....
JASRAPOSO disse…
Jose de MELO, Jose V. Of Arlington, suddenly Sept. 27th, in Florida.

Jose was a devoted husband of Rosalina de Melo (Araujo). Loving father of Leonardo de Melo, Terezinha de Melo and her husband Andrew Trout, Ricardo "Richie" de Melo and his wife Cheryl. Cherished grandfather of Nathaniel de Melo Trout, Aidan and Brendan de Melo. Also survived by many brothers, sisters, nieces, nephews and other loving relatives and friends.



Funeral from the Rogers & Hutchins Funeral Home, 292 Mass. Ave., ARLINGTON, Tuesday, Oct. 4 at 10:00 am. Funeral Mass at St. Camillus Church in Arlington at 11:00 am. Visiting hours Monday Oct. 3 from 4 to 8 pm. Mr. de Melo was a member of Carpenter's Union Local 51 for many years. He was a skilled craftsman, noted for his intricate staircases showcased throughout the country. Mr. de Melo was featured by various news organizations for his light extravaganzas at Christmas.

(I don’t have a recent photo of my uncle but he was known by everyone there in Porto Formoso. He was a very good cabinet maker/carpenter and he also milled corn and wheat for a lot of people there. The person who milled the corn also distributed the mail at that time.)




--------------------------------------------------------------------------------

Irene A.T. Carreiro
)

Irene A.T. Carreiro--88, A homemaker and resident of Medford died on September 14, 2011.

Irene was the beloved wife of the late Eugenio Carreiro and the loving mother of Margaret Carreiro, Ilda Carreiro King and Elaine Carreiro. Irene was also the sister of Rosalina deMelo and Jose Araujo. She is also survived by 3 grandchildren and 5 great grandchildren.

Funeral services were private.



NOTÍCIAS SAÍDAS NA IMPRENSA DOS EUA

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha