« Home | Até sempre » | Teatro para todas as idades » | Abril é o mês do Chá » | Desfile de Carnaval » | Valsa da Meia-noite » | Trilho da Ladeira da Velha? Sim, não ou talvez. » | Um Feliz Natal a todos os que estão longe e aos q... » | São Miguel nos anos 60 » | Assim vai este país. Quando um governo faz o que ... » | One day @ Porto Formoso »

Procura-se

Dá-se recompensa a quem encontrar uma bandeira azul perdida algures na zona da Praia dos Moinhos. Já agora, se encontrar o parque de campismo, avise!

A gerência agradece.

ps. lista das praias com bandeira azul está publicada aqui e não consta, mais uma vez, a Praia dos Moinhos.
ps2. será que o jornal Açoriano Oriental vai entrevistar novamente alguém da Empresa Municipal Ribeira Grande+ para saber o que se passou desta vez?
ps3. não é por não ter bandeira azul que a Praia dos Moinhos deixa de ser melhor do que o jardim zoológico das poças ou do que o areal de santa bárbara.

COISAS DO CORISCO…

1 – O Porto Formoso tem auto-estima e aceita que os outros pensem e decidem de maneira diferente da sua. O que não é tolerável é que se tenha dito que teríamos este ano bandeira azul e parque de campismo e que nada esteja feito. O mínimo que se exige da Câmara é uma explicação para o adiar destes dos factos.

2 – Já é público o programa do Império dos Calços. Vai de Sexta a Segunda-Feira. Este Império tem a particularidade de beneficiar do feriado do Dia dos Açores, que é na 2ª Feira.
No programa consta um grande churrasco, aberto a toda a população. Só não se diz é como é que o churrasco vai ser regado – Com cerveja a copo ou com vinho de cheiro?

3 – A Obra da Casa do Povo já está praticamente concluída. Parabéns a quem idealizou a recuperação do edifício que respeitou a sua traça inicial. A porta é uma cópia fiel da antiga

A recuperação da Casa do Povo está boa com a traça antiga toda igual serve de exemplo a outras recuperaçoes de casas antigas.

A bandeira azul não precisa explicações para quê? Explicações para atirar areia para os olhos do povo? Mais vale tarem calados e irem tomar um banho à praia do Monte Verde juntamente com seringas e montes de merda.


Adeus

Amigo Regedor, podes procurar à vontade que não vais encontrar.

esta coisa da bandeira ja passa a ser vergonha para todos nos

Mas afinal para quê uma bandeira azul? Praia dos Moinhos já tem fama suficiente, cada pessoa que lá vai sabe da higiene e sanidade das condições que a praia oferece. Mas contudo bandeira azul não existe devido à competência em demasia oferecida pelos nossos chefes da câmara e junta, que este ano o que ainda nao pararam de idealizar a famosa e célebre nova casa do povo. REVOLTA ME o facto da construção desta obra inútil, se for somente a minha pessoa a pensar desta forma ou o povo da minha terra está acabado ou eu estou com sérios. Por favor digam me como é possível construir mais edifícios cheios de modernismos e apegos exagerados tendo sérios problemas sem resolução à vista desde a tão simples inexistente bandeira azul da praia dos moinhos até ao terror que existe na dívida da obra da nossa igreja que muito bem poderia servir de aluguer ou de local para uma boa e cómoda casa do povo (salvo erro).

apoiada chefe

A RTP-AÇORES

Pelo andar das coisas dificilmente voltaremos ter reportagens de qualidade do Luís Furtado no Bom Dia Açores, da RTP-A.

O processo de reestruturação que o Governo Central se propõe levar a cabo na RTP-AÇORES vai reduzir em muito a programação regional, que terá lugar entre as 17 e as 23 horas.

O programa Bom Dia Açores, que actualmente tem a duração de uma hora e trinta minutos, tende a desaparecer, uma vez que foram retiradas ao Pedro Moura as condições financeiras para a sua continuidade, assim como a sua permanência em antena. Segundo se diz as negociações ainda continuam. Vamos a ver como terminam.

Como sem ovos não se fazem omeletas, fica um desafio ao Pedro Moura para que aceite continuar a trabalhar, fazendo melhor em menos tempo e com pouco dinheiro.

Modernismos e apegos exagerados tendo sérios problemas sem resolução à vista, por favor você não é de cá ou então cai de para quedas, então quando não se tem dinheiro para pagar a conservação de uma casa paroquial como se pode construir construir mostros.
Nota: a Casa do Povo sempre existiu como a Igreja naturalmete agora fica à massa cinzenta de cada um as referidas opiniões porque a Casa do Povo está operacional e a Igreja está Off

PARA PENSAR.

Isto sou eu a tentar explicar a mim próprio, como se tivesse 3 anos, o que leio por aí:

Por um lado a democracia é, de entre todos, o mais aceitável dos regimes, porque permite que a maioria escolha o que quer e quem quer para seu governo.

Por outro lado, à esquerda, parece evidente que quando a maioria, ou uma dose generosa de eleitores, escolhe uma opção de direita mais extrema ou radical, o regime “é preocupante” e torna-se “ameaçador”. Nestas circunstâncias, a democracia é muito aborrecida e há quem concorde com a social-democrata Ferreira Leite e a sua imaginativa interrupção voluntária do regime por seis meses.

À direita, quando a esquerda ganha, como sucedeu ontem em França, na verdade não terá ganho – o que aconteceu foi que a direita não soube passar a sua mensagem e a esquerda travestiu-se de liberal.

Já em Portugal, o que o Governo legisla é criticado e chumbado pelo PS, que legislaria da mesma forma se não estivesse na oposição, e o PSD aplaude o Governo, da mesma forma que apuparia e votaria contra se acaso o Governo fosse liderado pelo PS.

Ou seja, entrámos definitivamente no grau zero da política. Está aberto o espaço para o populismo barato, e está fechada a porta do debate sério, inteligente, e adulto. Chegou a hora de reconhecer a voz do povo: é tudo a mesma açorda.

POR TUDO ISSO NOVO 25 DE ABRIL

Boa tarde no que diz respeito à bandeira azul podem esquecer porque nunca tivemos nem nunca vamos ter devido a obras ilegais que ali permanecem junto á praia muitas delas pertencentes a senhores de cadeiras camarárias enfim , no que diz respeito à obra da casa do povo foi muito bem conseguida pelo que se vê mas penso e concordo que o investimento que ali se fez se calhar se tivesse caído no salão social se calhar teria sido mais bem visto uma vez que naquele edificio existe espaço suficiente para toda a gente trabalhar e com condições se calhar melhor já agora uma dica se algum induvíduo em situação de cadeira de rodas se deslocar à futura casa do povo como faz para subir ao 1º piso ??? por estas e por outras que no futuro irão se questionar o que teria sido melhor , bem haja ...

Algumas pessoas do Porto Formoso (tendo en conta que os comentários são feitos por pessoas que vivem aqui)são terriveis para criticar ora vejamos:

Basta visualizar este excelente blogger acasamosca o ano passado ou mais para trás ainda, verificamos que todos falavam mal do edificio da Casa do Povo que era uma pena estar naquelas condições , agora que o mesmo está uma maravilha chama à atenção de todos que por lá passam os mesmos talvés não sei criticam que deveria se ter gasto aquele dinheiro no salão da Igreja afinal em que ficamos?

Critica-se por fazer e critica-se por não fazer assim não. digo mais até que em fim temos um Edificio público com todas as condições

Dá me vontade de rir, é isso mesmo, antes malhavam malhavam no Presidente da Casa do Povo que não fazia nada agora os mesmos dizam que se deveria ter investido na Igreja, assim não.

atenção eu não falei mal da obra em si apenas critiquei o facto de para manter todos esses edificios de pé tudo isto tem custos muito elevados ...

A minha opinião desde há algum tempo sobres estas questões de multiusos/casa do povo tem-se mantido.

Concordo com a necessidade de um multiusos no Porto Formoso. Contudo, o multiusos da forma como foi pensado foi um projecto faraónico, sobredimensionado, em que não foram realmente esquacionados os custos da sua construção e o custo da sua manutenção. Mais valia ter um multiusos mais pequeno, menos dispendioso e que estivesse pronto e não um "elefante de cimento" que ninguém sabe quando estará pronto.

Em relação à Casa do Povo, compreendo a sua reconstrução. Optou-se por não esperar pela conclusão do multiusos e avançar para a recuperação da Casa do Povo e assim ter valências a funcionar brevemente. Concordo. Tem de existir eleições de acordo com a legalidade que se espera numa freguesia democrática.

Cumprimentos

Na noite de sexta para sábado choveu torrencialmente no Porto Formoso, trovoada toda a noite, uma noite tipica de inverno, qual o meu espanto quando vou para o trabalho, já que trabalho aos sábados os caminhos estavam totalmente limpidos, isto é gratificante para quem necessita de circular nas vias públicas, quero com isto dizer que estivessam cheias de terra havia montes de comentarios como está tudo bem OFF

Na noite de sexta para sábado choveu torrencialmente no Porto Formoso, trovoada toda a noite, uma noite tipica de inverno, qual o meu espanto quando vou para o trabalho, já que trabalho aos sábados os caminhos estavam totalmente limpidos, isto é gratificante para quem necessita de circular nas vias públicas, quero com isto dizer que estivessam cheias de terra havia montes de comentarios como está tudo bem OFF

Pois, e graça a deus está tudo bem! Se estivesse mal à que criticar, nem mais! ;)

mau tempo faz das suas no porto formoso

Meus Amigos Pensar Da Muito trabalho

romeiros do porto formoso tem novo mestre. para bem de todos nos . vou ficar por aqui adeus

Caro anónimo a critica só existe quando se justifica caso contrário quem cala consente e no que diz respeito á limpeza da freguesia era de estranhar se tal não acontece-se uma vez que existe viactura propria eum funcionario para este tipo de trabalho e mais lhe digo se calhar trabalha ao sábado mas na segunda não porque choveu tambem de domingo para a segunda e quando saiu de casa havia imensa lama e pedras a ser removidas das ruas da freguesia e parte deste lameiro proveniente de uma obra que ainda está por acabar á mais de um ano e meio : CANADA DO MATO !

Mota Amaral critica opções do Governo de Passos Coelho. O antigo presidente da Assembleia da República e do governo dos Açores, diz que Portugal é um país triste e assustado. Num artigo de opinião publicado no "Expresso", Mota Amaral critica a política de austeridade do Governo do seu partido.

Diz que o Estado vende tudo o quem tem, e teme que ainda seja necessária mais austeridade.

Deputado do PSD à Assembleia da República e figura histórica no interior do partido, Mota Amaral revela agora que, afinal, não está ao lado do Governo de Passos Coelho.

Num artigo de opinião publicado este fim-de-semana no Expresso, o antigo presidente do Governo dos Açores e ex-presidente do Parlamento nacional, traça um quadro negro do país.

Diz que Portugal é um país triste e assustado, por causa das medidas de austeridade.

Lembra que poucas são as famílias que não têm algum do desemprego e que encontrar trabalho remunerado, hoje em dia, é quase um milagre.

Perante um cenário de sucessivas falências de empresas, Mota Amaral critica o Fisco por procurar "agravar a situação", ao executar dívidas tributárias, a quem ainda consegue manter a porta aberta.

Uma atitude que, lamenta, poderá levar ao colapso.

O deputado dos Açores entende que a classe média está cada vez mais endividada, com empregos em risco, e à beira de perder as habitações.

Enquanto isso - recorda Mota Amral - o Estado vende o que tem, sem olhar a quem, apenas à procura do melhor preço, sem estado de alma, nem preocupações estratégicas.

Não falta, no artigo de opinião, uma referência à epopeia da emigração, que surge como discurso oficial.

Não há agenda para o emprego, nem para o crescimento económico, escreve ainda Mota Amaral, para quem os portugueses estão cada vez mais assustados, por anteverem que atrás de tanta austeridade, pode vir ainda mais austeridade.

Caro expulso vamos a ver se ficamos esclarecidos, o que eu queria dizer é que devemos comentar o bom e o mau, mas parece que não é o seu caso, porque gosta só de lançar o negativismo da sua freguesia.

ISTO SÓ PROVA QUE, TANTO CAVACO SILVA, COMO PASSOS COELHO TÊM RECEIO DO POVO E DAS RESPECTIVAS VAIAS E ASSOBIOS…





Que pena o escolhido não ser Passos Coelho



«A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, vai "substituir" o Presidente da República, Cavaco Silva, na entrega do troféu de vencedor da Taça de Portugal de futebol, no domingo, após a final entre Sporting e Académica.» [DN]

coisas que nao podemos esquecer . por andam as taças que estavam ha chuva na casa do povo ?

BOA PREGUNTA MAS PARECE QUE VAI FICAR SEM RESPOSTA .

O Candidato Hâ Casa Do Povo do porto Formoso Já trabalha No Duro Para Conseguir Votos . O Problema é Que Não Temos uma Unica Pessoa Com As Cotas Em Dia .

COISAS DO CORISCO….

1 – Estão a caminhar para o fim as obras de recuperação do edifício da Casa do Povo. É hora de recordar aqueles que ainda se encontram entre nós e que deram corpo à criação de uma Casa do Povo no Porto Formoso – Dr. Weber Machado Pereira, José da Conceição Nunes, José Caetano Medeiros, Américo de Oliveira Silva e Alvarinho Rebelo.

2 – Continuam a haver muitas terras abandonadas no Porto Formoso, principalmente ladeiras.
A Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário fornece árvores de fruta quase de graça, pelo que não seria má ideia plantá-las naqueles terrenos. Seria muito mais prático, barato e saudável comer frutas produzidas pelas nossas terras, do que importá-las a custos elevados e, muitas vezes, carregadas de produtos químicos, prejudiciais à saúde.

3 – Tivemos um fim-de-semana de autêntico Verão, notando-se já muita gente na Prainha dos Moinhos.

4 – Estranha-se a falta de preocupação das pessoas para a ausência de águas nas nossas ribeiras. A continuar assim, o futuro poderá ser muito diferente da situação actual

TDT...Quando, grande parte do país, tem grandes dificuldades na recepção dos canais públicos de TV...Aqui para nós a nossa cidade da Ribeira Grande vai ter um emissor, "muksso" de TDT, de forma que todos os residentes tenham acesso sem que para isso tenha de instalar antenas no exterior. Não é que não seja bem vinda, essa ideia mas meu Deus, o que se ade dizer a grande parte do lado norte, deste concelho que vê a TDT, por um canudo, por uma má politica, de quem estalou estes "Mukssos".de TDT. Ao menos a quem de direito que reconsidere e mande fazer cobertura aceitável, dos canais públicos de TV....

Bom dia só queria dizer ao expulso que deve ter um calendário diferente do nosso porque a obra da canada do mato não está parada há ano e meio como diz você deve ser dos tais que dois e dois são cinco, não veja só o lado negativo das coisas seja uma pessoa mais realista e objectiva não uso aquelas palas como os cavalos usavam fica muito feio num cavalo e então numa pessoa tire as palas e olhe em seu redor vai ver que muita coisa que diz não corresponde á verdade. Sei que todos têm o direito a ter uma opinião diferente das coisas mas não é oito ou oitenta.

Enviar um comentário

Locations of visitors to this page