« Home | Festas de N. Sra. da Graça 2012 » | Melhor praia dos Açores » | Um orgulho muito nosso » | A velha, a nova e o futuro » | Sopas! Sopas mesmo sopas! » | Ténis de mesa renasce » | Procura-se » | Até sempre » | Teatro para todas as idades » | Abril é o mês do Chá »

José Leonardo Martins - um Portoformosense pelo mundo


Depois da agitação da nossa festa e do último post, desviando as atenções do estado geral do país ou do lixo televisivo de telejornais e casas do segredos, nada melhor do que ouvir-mos e vermos um Portoformosense de nome José Leonardo Martins, nascido e criado nos Moinhos.
Passados todos estes anos, por terras da América, surge-nos de guitarra na mão a dizer "Eu sou do Porto Formoso!".

Peço desculpa aos últimos dois comentadores: apaguei sem querer dois últimos comentários quando pensava que estava a publicar. Carregei no botão apagar em vez de publicar.

Peço desculpa pelo meu engano. Se fizerem o favor de escrever de novo irão ser publicados.

Cumprimentos

COISAS DO CORISCO…

1 – Arranca hoje a campanha eleitoral nos Açores. Nunca se viu tanta força politica a concorrer nos Açores. No arco da governabilidade há duas gerações em luta – Uma com mais de cinquenta anos e outra com 35 anos. Escolha fácil ou difícil? A campanha eleitoral o dirá.

2 – O Governo Central prepara-se para extinguir cerca de mil freguesias até ao final deste ano, por imposição da Troika. Oxalá esta desgraça não chegue aos Açores.

3 – Este mesmo Governo apenas apresentará o Orçamento de Estado depois das eleições dos Açores de modo que não se saiba, em devido tempo, as restrições que serão impostas à nossa Região.

4 – As racionalizações propostas para o Serviço Nacional de Saúde são um atentado à dignidade humana que faz com que estejamos a aproximar cada vez mais da Grécia. Conseguirá o novo Governo dos Açores impedir este flagelo cá nas ilhas?

5 – Se já há mobiliário na Casa do Povo não se compreende a razão porque não é inaugurada. Se é por falta de candidatos à sua gestão, o problema é muito mais grave. Ninguém aparece e quando aparecer, em vez de se apoiado, será criticado. Assim não vamos lá

6 – Estamos a caminho do Inverno e com ele as chuvas. Os telhados dos edifícios da Igreja e da Junta de Freguesia requerem alguma atenção, de modo a que não se perca o espólio das mais importantes marcas da nossa terra.

Enviar um comentário

Locations of visitors to this page