Dos primeiros estudantes



Última fila da esq. para a dir.: João Carlos Raposo, José António Furtado, Gabriela Moniz, José Raposo, Maria Laudalina, João Furtado
Segunda fila: Lorena Costa, Carlos Alberto, Anabela Pacheco, José Senra, Graça do Monte
Primeira Fila: Graça Furtado, João Manuel Furtado, Fátima Moniz, Nuno do Monte, Leonilde Bulhões


Nos dias de hoje ser estudante é normal. Quase todas as crianças e jovens andam na escola e só depois começam a trabalhar. No entanto, no passado não era assim. Eram poucos os iam estudar e aqueles que conseguiam prosseguir estudos tinham de ultrapassar grandes dificuldades. Os primeiros estudantes do Porto Formoso abriram caminho para os seguintes. Aos poucos, as pessoas da nossa freguesia foram percebendo que realmente valia a pena que os seus filhos fossem estudar para terem uma vida melhor.
Aqui fica uma foto da primeira geração de estudantes do Porto Formoso. Já antes tinha havido um ou outro jovem a estudar, mas pela primeira vez houve uma parte significativa de uma geração que foi estudar.
Estava aberto o caminho para as gerações futuras...

Comentários

JASRAPOSO disse…
Na época desta fotografia havia três instituições que marcavam a diferença na educação, instrução e formação das pessoas - A Casa de S. José, o Seminário-Colégio do Santo Cristo e o Colégio de S. Francisco Xavier.

A primeira "recolhia" nas freguesias, após o exame da 4ª classe, os alunos mais capazes, dava-lhes o alojamento completo e colocava-os nas diversas escolas, sem quaisques custo para os familiares, geralmente de fracos recursos económicos.

No Seminário-Colégio havia nessa altura mais de trezentos alunos, seminaristas, colegiais internos e externos. Aqui estudava-se até ao 5º ano.

Finalmente, no Colégio de S. Francico Xavier, prontificavam alunas no regime de interno e externo, além de também estudarem até ao 5º ano.

Destas três instituições apenas sobrevive a última, mas somente com o ensino básico.

As pessoas que passaram por aquelas casas ficaram marcadas para sempre no seu carácter,com "sinais" que só elas poderão ser capazes de testemunhar.

O mais interessante ainda é que a fotografia tem pessoas que passaram por aqueles três lugares.

Seria bastante interessante se aqueles preveligiados dessem o seu testemunho aqui no blog, da sua passagem por aqueles locais
AGUIA disse…
Naquele tempo parece que se aplicava o velho ditado "Poucos mas bons". Nesta fotagrafia 25% dos presentes concluiram a licenciatura. Desta parcela 75% é do sexo masculino e 25% do feminino.
Hoje o enseino é o que está à vista de todos.
JAGPacheco disse…
Quem tem capa, sempre escapa!

Uma fotografia de grande dignidade e uma belíssima introdução do Regedor. Estes dois factores naturalmente que nos deixam a nós, os habituais comentadores, sem palavras.
Com a dificuldade acrescida dos laços de afectividade e a amizade que me ligam praticamente a todos os fotografados. Um bem hajam! E que a actual geração “ Morangos com Açúcar”, vos tenha como um exemplo de que todos os tempos são adversos e difíceis para a juventude. Mas é sempre possível prosseguir …

Saudações Formosas
soniarebelo77 disse…
na primeira fila da direita para a esquerdaesta leonilde bulhoes actualmente reside no canada. essa senhora e tia do miguel dono do silencio das palavras para todos um bom haja
O Regedor disse…
Com a ajuda dos nossos bloggers já se completaram dois nomes.

Só falta mais um!

Cumprimentos
JAGPacheco disse…
A culpa é do sistema

É bom que se descubra rapidamente, o nome da rapariga incógnita. Pois se actualmente esta senhora ocupa um cargo importante num qualquer gabinete ministerial. A oposição vai cair-lhe encima, e afirmar que o canudo da mesma, nem é reconhecido pelos colegas da sua terra!

Nos dias de hoje, já com muitos anos de ensino democrático, gratuito e obrigatório. A quantidade de novos analfabetos (com menos de 25 anos) do Porto Formoso, provavelmente, não cabia numa só fotografia!
quebra_queixo disse…
quantas mais pessoas da mesma altura que estas não tiveram a mesma oportunidade de ir estudar porque os pais não tinham dinheiro.
provalvelmente muitas delas com mais capacidades do que estas que foto mostra
belissima disse…
ontem o meu computador deu o berro.
fui então ao posto publico de internet e quando cheguei estava fechado e não tinha horário de funcionamente. alguem me pode facultar esta informação?
Nightmare00 disse…
Que me desculpem os outros bloggers, mas o blogger quebra_queixo, às vezes, mais valia estar calado (ou que não escrevesse nada)! Tipo Euronews: No Coment!
Relativamente ao posto público de internet também considero que tal como disse o/a blogger belissima devia estar afixada mais alguma informação relativamente ao seu funcionamento, nem que seja para dizer que existe algum problema que impede o seu normal funcionamento! A minha sugestão é de que deveria funcionar 2 horas por dia das 18 às 20 horas (para que seja uma hora razoável para crianças e para os mais velhos que possam estar a regressar do trabalho); também deveria funcionar pelo menos ao sábado durante pelo menos umas 4 horas!
Relativamente à supervisão da sala e seus constituintes físsicos e humanos, infelizmente, esta tem que acontecer! Uma hipótese será pagar a alguém, seleccionado através da estipulação de um "mini-concurso", que tenha, na óptica do utilizador, bons conhecimentos em informática (internet, processamento de texto, impressoras e scanner); uma outra hipótese, se a primeira se tornar problemática será então estabelecer parcerias com o Grupo de jovens e Grupo folclórico para que estes se responsabilizem (com as mesmas responsabilidades do tal funcionário para que as coisas não "descambem" como no passado na casa da Srª Inês) pela supervisão, devendo sempre esta supervisão ser remunerada mediante acordo mútuo.
Ficam aqui algumas ideias que, no meu entender, proporcionariam uma certa justiça e rigor e, acima de tudo, permitem o funcionamento do posto público! Se uma fluorescente não gastar mais de 1 a 2 € por mês sou de opinião de colocar uma no exterior junto das letras "Posto Público de Internet" para que quem passse na zona, turista ou micaelense, possa constatar que o Porto Formoso têm o referido posto. Consciente de que na actual junta de freguesia existem pessoas capazes de liderar este processo, e que não tem que ser o seu presidente, mais do que dizer o que devem fazer apenas quero contribuir com uma ideia como munícepe e por me parecer, volto a dizer, justa e com sentido de equidade!
Num post sobre estudantes hoje faz todo o sentido falar e ter acesso à INTERNET e meios informáticos em geral!
Não queria terminar sem realçar que hoje no porto formoso de turmas primárias com 20/30 alunos apenas 1 a 2 destes têm entrado no ensino superior ao fim de doze anos de escolaridade! Alguma coisa vai mal em Portugal, mas no Porto Formoso parece que "esta coisa" dá-se com maior intensidade!!!
Tenho dito!!!
O Regedor disse…
Não basta dizer é preciso explicar as razões, os motivos.

A razão porque muita gente não foi estudar naquela época e em anos anteriores foi, de facto, porque as condições económicas que eram tão más que as pessoas só ganhavam para comer no dia-a-dia. O mais estranho é que haja quem diga que no tempo do Salazar é que era bom. Esta gente tem amnésia misturada com burrice crónica!

Outras situações, a que eu próprio apesar de ser de outra geração assisti, foram mais graves. Vi pais com dinheiro mais que suficiente para sustentar os filhos, negarem o acesso ao estudo dos seus próprios filhos que por sinal eram muito inteligentes. Os pais diziam (em finais do século XX) que isso de estudar era para os malandros e que filho de boa gente devia ficar em casa!

É por causa dessa gente com algum dinheiro, mas muito pobre de espírito que Portugal está onde está!

Quanto ao posto público de acesso à internet é urgente que abra. Na minha esperiência com postos de internet muitas vezes verifiquei que haviam vários turistas por lá. No entanto, tinha uma pessoa a tomar conta do posto. O material que lá está é caro e tem de haver um responsável, isso parece-me claro.

Cumprimentos
quebra_queixo disse…
viva salazar
à que respeitar a opinião da pessoas sr. regedor. lá por outras pessoas dizerem que no tempo do salazar é que era bom não quer dizer que são burras, senão vejam, como é que é possivel num concurso de tv para eleger o maior portugues de sempre, tenha ganho o salazar (em 210000 telefonemas ele teve cerca de 42%).
não me diga que estas pessoas que votaram nele são burras.
eu tambem posso dizer que todas as pessoas canhotas são burras, o que é falso, claro.
logo deduzo que havia e Há muitas pessoas que gostavam do salazar e que talvez têm menos "amnésia misturada com burrice crónica" do que v/ exa.
tenho dito.
quebra_queixo disse…
quando à segunda parte do seu comentário estou de acordo.
isto é que foi e é grave os pais com posses não darem a educação necessária aos filhos.

que culpa tem Salazar?
Cavalete disse…
A percentagem de jovens do Porto Formoso que ingressa no ensino universitário ainda é muito reduzida. Sem estatísticas oficiais, arrisco a dizer que está claramente abaixo da média da ilha de S. Miguel.

Não se compreende que jovens com menos do que 25 anos não façam um esforço para ingressar na universidade. Claro que deverão escolher licenciaturas com alguma capacidade de integração no mercado de trabalho.

Hoje em dia é possível acabar uma licenciatura aos 20 anos e um mestrado aos 22 anos! Oportunidades não faltam, é preciso é aproveitá-las.
Cavalete disse…
Parece que agora só se pode fazer um comentário no blog com uma conta de gmail. That's the GOOGLE WORLD!
Emanuel disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
esclarecer disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
JASRAPOSO disse…
Esta semana, no rodapé do telejornal da RTPA e durante dois dias, podia ler-se que o Governo Regional vai investir 210 mil euros em melhoramentos no porto de pescas da Maia.

Hoje na mesma RTP pudemos ver o Presidente do Governo, acompanhado do Presidente da Câmara da Ribeira Grande entre outros, a inaugurarem a Casa do Povo da Maia.

Parece que o progresso do concelho da Ribeira Grande não passa pelo Porto Formoso.

Este progresso parece seguir pela estrada de cima e teima em não descer à nossa freguesia.

Não haverá culpados para tudo isto??
Cavalete disse…
No Açoriano Oriental de hoje.

"César confrade honorário do Chá
15-04-2007
por OG

A Confraria do Chá do Porto Formoso vai no próximo dia 21 entronizar Carlos César como confrade honorário. Na cerimónia de entronização do Presidente do Governo Regional estará presente a Federação das Confrarias Gastronómicas Portuguesas . O Centro Cultural da Caloura e Peter Café Sport, no Faial, também receberão as mesmas insígnias."
carruncho disse…
A nossa vizinha freguesia da Maia já tem pagina na internet, está muito gira, quem quiser visitar


www.janelapramaia.com


Um bom domingo para todos
Nightmare00 disse…
Na mesma RTP-Açores no telejornal do dia 15 foi possível ver e ouvir que será realizado um "porto de Pescas" no Porto Formoso. Tal foi anunciado no âmbito da notícia acerca do lançamento da primeira pedra da obra de requalificação da orla costeira de vila franca do campo.
Já agora caro blogger JASRAPOSO quem seriam os culapdos na sua opinião?
Tanho dito
deus2 disse…
Os jovens da nossa fregusia estão a escolher os cursos profissionais e ainda bem porque os Açores precisam de profissionais qualificados.

Esta foto mostra como era levado a sério e respeitado o estudo naquela altura.

Não ia falar de politica mas não consigo porque o sr. Ricardo Silva está a gozar com a cara de todos os que votaram nele no Porto Formoso. A Câmara ainda não fez nada de jeito na nossa terra.

O sr. vereador Rita da Maia está a levar o dinhiero da Câmara todo para a sua freguesia e nada para as outras.

adeus
Nightmare00 disse…
É EXTENSO, MAS ACHO QUE VALE A PENA LER!!!
Parece-me importante referir que a página de internet anunciada sobre a Maia é fruto de um trabalho pessoal e não autárquico. o que claro não inviabiliza que o Porto Formoso não possa ter uma página oficial. Se bem me lembro aqui já se discutiu algo acerca de uma página oficial, digo bem?
+++
Começo a ter curiosidade para saber se a comissão fabriqueira já se encontra a preparar as festas de nossa senhora da graça!!!
Parece-me que seria bastante interessante se este ano se pudesse organizar algo "em grande".
Porque não reunir algumas das fotos antigas da freguesia e seus habitantes, algumas até do blog (e solicitar às pessoas através de divulgação na igreja-igreja- uma força de fé em jesus cristo, mas também uma força viva social),e organizar uma exposição que revele alguns dos costumes antigos da freguesia (matança do porco,carro de praça, equipas de futebol, fotos de procissões antigas, estudantes, entre outros). Os nossos emigrantes, tenho a certeza, também poderiam enviar algumas das suas fotos por familiares/amigos que viessem às festas). Acredito que o grupo de jovens já esteja a pensar em algo para a festa, mas fica aqui mais uma sugestão.
Também a junta de freguesia podia começar a pensar organizar algo à volta do desporto. Porque não fazer outra vez a prova com o "marreco" no calhau, provas de natação dos bicos até à areia...
Torneio de futebol de 5 com equipas locais (mas, sem se voltar a fornecer sapatas), repetir o torneio de ping-pong que foi um sucesso!
Em mais coisas penso, mas não me quero tornar "aborrecido". Quero dizer que teria muito orgulho em que as festas de nossa senhora da graça possibilitassem um momento (uma semana) de divulgação da freguesia e suas gentes, com uma série de actividades desde religiosas, culturais, desportivas, de lazer, que decorressem nos diferentes dias. Creio que organizar um misto de "modernidade" e revitalização da "antiguidade", de forma atempada, seria um forte incentivo à vinda de mais emigrantes e pessoas de fora da freguesia. Será assim tão difícil sentar à mesma mesa as diferentes "entidades" da freguesia e organizar um programa conjunto? Creio que não se o que interessar for o0 sucesso das festas e, consequentemente, da freguesia! (sugestão: que estejam sentados apenas representantes das diferentes entidades e não toda a gente)
Também os privados se podiam mobilizar!!!
Por fim dizer que muitas pessoas da freguesia, realmente, preferem falar (por vezes, só mal) do que fazer, mas se houver alguém que leve as coisas avante no fundo todos nós acabamos por participar!
Última sugestão: QUE O REGEDOR COMEÇE JÁ A CRIAR UM POST PARA DISCUSSÃO DESTAS IDEIAS, para que não se participe apenas a duas semanas da festa e se fale do que se podia ter feito!
Tenho dito!
PS- Os emigrantes são fundamentais!!!
Pedro Lopes disse…
Meu caro "Regedor",

a propósito deste teu post, como te correm as "coisas"?

Força
Faria disse…
Naquele tempo tinha que se estudar para tirar um curso superior, mas há quem o consiga sem se chatear muito... Basta uma folha A4 e um cartãozinho...

Cumprimentos

O Churchill não tinha canudo
O John Major também não.
O Jerónimo de Sousa é metalúrgico
O Zé Socas é aldrabão.

Se queres fazer uma casa
Um arquitecto deves procurar
Se queres construir um palheiro
Com o Socas podes tratar

Queixava-se o povo do Santana
Achava-o maluco e incompetente
Agora apanhamos o Socas
Que "tirou o curso" na Independente

Anda um gajo a queimar as pestanas
Anos a fio no ensino estatal
O Zé Socas que é um gajo ocupado
Fez tudo numa manhã dominical...
Evaristo disse…
Caros bloggers,
devo dizer que gostei das quadras do blogger "farias". São engraçadas e a rima também está espectacular.

Só tenho um reparo a fazer. Não era só antigamnete que se tinha de estudar. Hoje em dia isto continua verdade.
Agora, e desculpem-me se melindro alguém, isto da maior facilidade ou dificuldade só depende das Universidades. E muitas existem que ao nível do "conhecimento científico" são muito periféricas, a daí a facilidade poderá ser maior.

Um bem haja a todos
O Regedor disse…
Caro Pedro,

está tudo a correr bem. Por enquanto ainda estou em terras de São Miguel Arcanjo, mas em breve regresso a Lisboa para ligar o "turbo" para a recta final do 1ºano.

Cumprimentos

ps. graças a um contruibuto já se encontra preenchido o nome que estava em falta na fotografia.
Faria disse…
Sócrates nos Lusíadas

As equivalências e os termos assinados,
Que na ocidental raia Lusitana,
Por cursos nunca antes frequentados,
Passaram ainda além dos seis dias da semana,
Em betão armado e pré-esforçado,
Mais do que prometia a desfaçatez humana,
E entre gente bem mais douta edificaram
Novo currículo, que tanto sublimaram;

E também as notícias gloriosas
Daqueles feitos, que foram omitindo
A Lisura, a Hombridade, as Virtudes valerosas
Das corporações que foram destroçando;
E aquele, que por obras viciosas
Se vai da lei da respeitabilidade libertando;
Sobranceiro, entre pares, no plenário,
Cantarei, se a tanto me ajudar o engenho sanitário.
Ana disse…
A Câmara Municipal da Ribeira Grande apresenta no próximo dia 26 de Abril, pelas 21h00, o primeiro DVD promocional do concelho da Ribeira Grande.
A cerimónia de apresentação, presidida por Ricardo Silva, tem lugar no Teatro Ribeiragrandense, contando com a presença e entre outros, da Directora Regional do Turismo, deputados municipais, juntas de freguesia, empresários de restauração e hotelaria, comerciantes, Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada e Associação de Turismo dos Açores.
No final da apresentação, haverá uma mostra de produtos gastronómicos do concelho.
Este DVD, produzido pela IRIS revela ao longo de 30 minutos as melhores paisagens do concelho, o seu património, gastronomia, indústrias de chá e licores e ainda os usos e costumes da Ribeira Grande.
O DVD estará em exibição nos locais abertos aos visitantes, desde o Posto de Turismo, Teatro Ribeiragrandense, Museu Municipal e da Emigração, Ecoteca, entre outros.
Este é mais uma actividade que a autarquia promove, como forma de contribuir para o desenvolvimento do turismo no concelho.

Fonte:Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal da Ribeira Grande
JASRAPOSO disse…
Está prestes a iniciar-se a época balnear do ano de 2007 e a Câmara da Ribeira Grande ainda não fez qualquer investimento no Porto Formoso, apesar de ter programado dois melhoramentos para aquela zona.

Exige-se respeito e cumprimento pelo que foi prometido, programado e orçamentado
sono1 disse…
Este comentário foi removido pelo autor.

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha