« Home | Turismo de Natureza » | Desligada » | I Concurso de Maios » | II Entronização da Confraria do Chá do Porto Formo... » | Dos primeiros estudantes » | Espectro » | Relíquias II » | Voando » | O fim da maldita estrada » | Arruinados »

Made in Porto Formoso



Temos um jovem crescido no Porto Formoso convocado para a Selecção Nacional de Futebol Sub-20.
Filho de gentes da nossa terra e sobrinho de José Casinha que foi uma lenda do futebol de outros tempos do Porto Formoso, o Ruben Rodrigues integra o plantel sénior do Santa Clara e já marcou durante a presente temporada.



ou

Excelente post! O Porto Formoso tem que ser a primeira freguesia a apoiar o RUBEN RODRIGUES. Vamos todos acreditar neste jovem.

Gostaria também de chamar a atenção para uma jovem de S. Brás, com ligações ao Porto Formoso, que está a ter sucesso, a nível nacional, em algumas modalidades de atletismo. Trata-se da ELISABETE, filha da Olga da Sra Lurdes Grila. É uma neta da Canada das Gentes que está a levar mais longe o nome da Escola da Maia e de S. Brás.

a camara municipal da r. grande não tem dinheiro para fazer as obras no porto formoso, mas tem dinheiro para compra um AUDIO novo por cerca de 59.000,00 euros para o sr. presidente passear. Para confirmar o que digo é só consultar as actas da camara

Ora ai está, o jovem jogador a envergar a camisa do seu clube.
É sem duvida um motivo de orgulho, para todos aqueles que gostam de futebol, e para a sua família, a ascensão profissional deste atleta. Passando por todos os escalões de formação, chegando á equipa sénior do seu clube.

Gostaria também de realçar, a chamada de um outro jovem jogador do Santa Clara, para a selecção nacional de futebol de sub 21 anos que irá disputar o europeu de esperanças na Holanda, e que dará acesso aos jogos Olímpicos.
João Botelho, guarda-redes principal da equipa do Santa Clara, é o primeiro
Jogador açoriano a ser convocado para a Selecção nacional de esperanças.


Dois jovens, João Botelho e Ruben Rodrigues a demonstrar que no futebol açoriano á jovens jogadores com qualidade!

Com um forte abraço carregado de fair play.

Um bom futuro para este jovem no do futebol.

Nos tempos de hoje há oportunidades que não haviam quando o Porto Formoso tinha uma boa equipa com alguns jogadores bons.

adeus

Notícia do Açorioano Oriental de hoje.

"Bandeira Azul para 23 zonas balneares
25-05-2007
por rui jorge cabral


Os Açores vão ter na época balnear que começa em Junho, 23 zonas com a Bandeira Azul, a que se juntam ainda cinco marinas.


São menos duas que no ano passado, havendo quatro saídas a registar para apenas duas entradas. E as saídas são de “peso”, apanhando mesmo duas das mais frequentadas praias de São Miguel: a praia do Pópulo, em Ponta Delgada e a da Ribeira Quente, na Povoação, que aliás já tinha perdido a Bandeira Azul no Verão passado e este ano nem se candidatou. Mas também há a registar a saída da baía de São Lourenço, em Santa Maria e da zona balnear do Negrito, em Angra. Quanto a entradas, regista-se a atribuição da Bandeira Azul em 2007 à praia do Almoxarife, no Faial e à zona balnear das Quatro Ribeiras, na Praia da Vitória.
Em São Miguel, os banhistas vão encontrar neste Verão a Bandeira Azul na Praia das Milícias, em Ponta Delgada, nas zonas balneares das Calhetas, na Ribeira Grande e Lagoa, no porto da Caloura e, no Concelho de Vila Franca do Campo, nas praias de Água d’Alto (pequena e grande), Vinha da Areia e Corpo Santo. Duas marinas de São Miguel - Pêro de Teive, em Ponta Delgada e Vila Franca - também revalidaram este ano a sua Bandeira Azul. Para além dos já citados casos das praias do Pópulo e Ribeira Quente, também outra praia tradicionalmente bastante frequentada em São Miguel, a do Porto Formoso, se mantém sem Bandeira Azul.

A nível Açores, foi o concelho da Praia da Vitória, na Terceira, que obteve o maior número de Bandeiras Azuis este ano: seis, atribuídas às duas praias da cidade e zonas balneares do Porto Martins, Biscoitos, Escaleiras e Quatro Ribeiras, a que se junta ainda a marina da Praia da Vitória. O concelho de Angra tem este ano a Bandeira Azul na prainha e nas zonas balneares da Silveira, Cinco Ribeiras e Salga. Em Santa Maria, ilha bastante visitada pelos micaelenses, sobretudo durante o Verão, terão Bandeira Azul a praia Formosa, a mais característica dos Açores pela sua areia clara e as zonas balneares dos Anjos e da Maia. No Faial, para além da praia do Almoxarife, também o Varadouro e a marina da Horta têm Bandeira Azul este ano.

Nas restantes cinco ilhas, não há nenhuma zona balnear galardoada com a Bandeira Azul. Nos Açores, o Governo Regional irá desenvolver este ano um projecto de monitorização da qualidade das areias nas praias com Bandeira Azul.

No todo nacional, vai haver 189 praias e 12 marinas com a Bandeira Azul em 2007, o que representa uma ligeira diminuição face a 2006. Símbolo reconhecido de qualidade ambiental, a Bandeira Azul é atribuída anualmente às zonas balneares que cumpram um conjunto de mais de 20 critérios ambientais que passam, entre outros aspectos, pela qualidade da água, pelos equipamentos e pela segurança. É atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa, uma Organização Não Governamental."

Alguns membros das Assembleias de Freguesia defendem que dispõem de muitos poucos recursos para fazerem ouvir a sua opinião.

Este tipo de afirmações mais não são do que uma justificação para a sua falta de dedicação e desrespeito para com aqueles que os elegeram.

É bom saber que os membros da Assembleia da freguesia do Porto Formoso, eleitos na lista do PS, tiveram a coragem e propor e aprovar um voto de chamada de atenção à Câmara da Ribeira Grande pela maneira como tem tratado a nossa freguesia.

Não foi há muito tempo que as reuniões da Assembleia de Freguesia eram convocadas por um contacto à porta, já com as instruções como deveriam votar...

Estão de parabéns os membros do PS na Assembleia de Freguesia.

É respeitando a vontade e o interesse dos eleitores que os eleitos se fazem respeitar.

O RUBEN RODRIGUES está hoje em destaque na página 45 do Açoriano Oriental.

A jovem Suzana Câmara, nascida em Penticton, na província da British Columbia do Canada tem vido a destacar-se como artista musical na área do jazz.

Os pais desta jovem são naturais da freguesia de São Brás, local onde costumavam passar as suas férias.

Numa entrevista a uma revista de S. Miguel, e respondendo à pergunta sobre as memórias que guarda dos Açores, esta jovem respondeu assim:

- Tenho imensas, em especial do local que sempre considerei o meu santuário: a praia do Porto Formoso. Aí, o mar e eu tornámo-nos numa só pessoa, pois nunca tive medo de nele entrar e nunca ficava cansada de passar tardes inteiras a brincar naquele lugar.
Depois, com os meus primos e amigos, ficávamos deitados na areia a olhar a imensidão do céu, à beira de uma fogueira...

Desconheço o jovem, bem como as suas origens, no entanto não deixo de lhe desejar muito sucesso nesta sua carreira.

Bem haja.

Antes de mais: boa sorte ao "nosso" Ruben Rodrigues e que tenha muito sucesso.

Depois, mais do mesmo: a Praia dos Moinhos não vai ter bandeira azul. Nada mais previsível. Os anos passam e continua o esgoto na ribeira, os balneários sem condições e os nadadores salvadores cada vez com equipamento mais velho e ultrapassado. Assim, nem pensar em bandeira azul! Primeiro pense-se nestas coisas e depois venha a bandeira.
Para muitos a melhor praia de São Miguel, a Praia dos Moinhos, à mais de dez anos que não sofre um melhoramento em nada! Palavras para quê?

Para além do mais:

Os elementos da Assembleia de freguesia do PS aprovaram uma moção de censura à Camara da Ribeira Grande pela forma como esta tem tratado o Porto Formoso?

Isto é um assunto muito relevante, um sinal forte e de coragem do seu próprio partido que Ricardo Silva não pode ignorar. Salvé! Que se olhe ao interesse da freguesia e não à disciplina partidária.

E já agora, como votaram os representantes do PSD? Logicamente deviam votar a favor, mas não sei, tudo é possível! Gostava de saber.

Se alguém puder juntar mais informação:
- Quem propôs a moção para censurar a Câmara? (parabéns a essa pessoa)
- Todos votaram a favor?
- Alguma reacção por parte da Câmara?

Fizeram muito bem todos os que votaram a favor. Pode até ninguém ligar, mas fica votado e escrito em acta, que os representantes da população do Porto Formoso não estão satisfeitos com o NADA que a Câmara tem feito na nossa terra.

Caso a moção tenha sido levada a votos por sugestão do membros da Assembleia de Freguesia do PS ainda mais mérito tem, visto eles terem a coragem de confrontar a Câmara.

Como dizia Mário Soares, resta-nos o direito à indignação.

Cumprimentos

Um simulácro de sismo vai ter lugar hoje na zona do Porto Formoso,São Brás e Maio.

Estarão envolvidas nesta operação cerca de 300 pessoas - marinha, força aéra e elementos de apoio terrestre.

A comissão organizadora das festas do Espirito Santo dos calços está de parabéns. Imprimiram uma nova dinâmica às festas, recuperando tradições antigas. Há uma nova geração de famílias no Porto Formoso com um excelente espírito de iniciativa...

A época balnear já começou (pelo menos de forma não oficial) e continuamos com os mesmos problemas. O atalho de terra de ligação à areia do meio continua com as ervas a roçar nos joelhos e sem nenhuma protecção. Se calhar, a entidade responsável por preversar aquele atalho acha que uma criança consegue suportar uma queda de 3/4 metros. Bem, é que cair na areia sempre é melhor que cair em cimento.

É urgente a colocação de uma ripas protectoras naquele atalho. Num bom dia de sol, passam naquele atalho dezenas de crianças.

Problemas à parte, o Porto Formoso continua em alta. Boa comida, boa cerveja, bom folclore, boa gente, boa animação e excelente ambiente para recuperar energias...

A comissão organizadora das festas do Espirito Santo dos calços está de parabéns. Imprimiram uma nova dinâmica às festas, recuperando tradições antigas. Há uma nova geração de famílias no Porto Formoso com um excelente espírito de iniciativa...

A época balnear já começou (pelo menos de forma não oficial) e continuamos com os mesmos problemas. O atalho de terra de ligação à areia do meio continua com as ervas a roçar nos joelhos e sem nenhuma protecção. Se calhar, a entidade responsável por preversar aquele atalho acha que uma criança consegue suportar uma queda de 3/4 metros. Bem, é que cair na areia sempre é melhor que cair em cimento.

É urgente a colocação de uma ripas protectoras naquele atalho. Num bom dia de sol, passam naquele atalho dezenas de crianças.

Problemas à parte, o Porto Formoso continua em alta. Boa comida, boa cerveja, bom folclore, boa gente, boa animação e excelente ambiente para recuperar energias...

Está ocorrer neste preciso momento o simulacro do sismo.
Desconheces a origem do sismo, a sua intensidade e magnitude. Mas constata-se que foi necessário evacuar pessoas por meio aéreo.
O heliporto foi na Ponte.
Não se sabe ao certo quanto tempo que demorou o helicóptero a chegar da ilha Terceira. PROVALVELMENTE trinta minutos. Muito tempo em caso de catástrofe natural!

E para os que fiquem. Onde estão os reservatórios de agua potável????
Onde se devem dirigir?
Quem coordena a situação de cataclismo natural?
Os primeiros minutos após uma catástrofe natural, são essenciais para se salvar vidas!
Quem na freguesia está habilitado para minimizar uma situação desta natureza?

Onde está o núcleo de protecção civil proposto pela Assembleia de Freguesia do Porto Formoso no final do ano transacto?

Com um forte abraço.

ANTES PREVENIR DO QUE REMEDIAR

O exercício levado a cabo hoje no Porto Formoso deveria ser entendido como benéfico, se não tivesse havido um lamentável erro de falta de comunicação por parte de quem o organizou.

Atitudes destas podem provocar o pânico na população, levando as gentes a afirmar "estão a agoirar alguma coisa de mal"

Não teria sido aconselhável aos promotores desta iniciativa terem promovido um sessão de esclarecimento na Escola Primária, juntos dos alunos? Estes por sua vez dariam conhecimento aos pais da informação que tiveram e tudo não passaria de um exercício de prevenção.

Houve, mais do que nunca, a informação tem um papel fundamental em tudo o que se faz e organiza...

FUGINDO COM O RABO Á SERINGA.

Obviamente que a criação de um núcleo de protecção civil do Porto Formoso, foi uma ideia interessante por parte da Assembleia de Freguesia, e onde teve opinião unânime de todos os seus elementos para a sua criação.

Mas infelizmente caiu no esquecimento!

Os possíveis elementos deste núcleo iriam frequentar acções de formação, onde abordariam conteúdos programáticos tais com:
- Princípios gerais de Socorrismo
- Socorros Prioritários
- Perturbações respiratórias
- Manobras de Desobstrução
- Pratica de técnicas de RCP, entre outros.

Um elemento que possui estes conhecimentos, poderá salvar uma vida em caso de cataclismo natural. São os primeiros a assegurar os primeiros socorros, antes de virem bombeiros, ambulâncias, médicos, etc.

As pessoas tem que se conscializar que vivemos em ilhas de origem vulcânicas. E onde são frequentes sismos, deslizamento de terras, cheias, e não levar estas questões como brincadeiras. Qualquer dia bate-nos á porta.

Vejam o que aconteceu na Ribeira Quente!

Com um forte abraço.

A falta de informação atempada às populações e o esquecimento de que toda a nossa paisagem está contemplada com vacas, provocou alguns dissabores na simulação que teve lugar esta semana em algumas freguesias do Concelho da Ribeira Grande.

Há um diário de hoje com este título - SIMULAÇÂO DA PROTECÇÂO CIVIL QUASE DEU EM DESGRAÇA

O dia de hoje marca a abertura da época balnear e a celebração do Dia Mundial da Criança.
Dada a falta de investimento no melhoramento nas infraestruturas da praia, resta aos banhistas poder contar com quem cumpre realmente o seu papel: os nadadores salvadores da Praia dos Moinhos que recomeçam a corajosa e imprescindível missão de vigilância. Estes sim merecem uma homenagem pelo seu olhar atento que ano após ano permite resgatar das ondas e correntes banhistas em apuros.
Que os políticos não brinquem tanto como as crianças e que cumpram como os nadadores salvadores.
Em relação ao exercício de simulação da Protecção levado a cabo no passado dia 30, penso que quanto mais aproximado do real este for, melhor para se poderem perceber as falhas e além disso, em dias de sismos os senhores lavradores de certeza que não vão ser avisados com antecedência a fim de tirarem as suas vacas dos pastos. Quando é a sério é um caso sério!

Enviar um comentário

Locations of visitors to this page