Projecto turístico

Recebi há uns dias por email um projecto turísitico para o Porto Formoso, o qual se encontra aqui descrito, tal como o recebi. Este projecto contempla uma verdadeira revolução na paisagem e vivências do nosso Porto Formoso. Tem defeitos e virtudes, mas a sua grande vantagem é proporcionar a discussão sobre o que será o Porto Formoso no futuro, tendo em vista o investimento turístico que, mais cedo ou mais tarde, chegará às nossas bandas.

"Desenvolvimento Turístico - Porto Formoso

Conceito

Este projecto ambiciona construir no Porto Formoso um complexo turístico centrado no golfe.
O Porto Formoso, destino de Verão para muitos residentes na ilha de São Miguel, oferece excelentes condições para o desenvolvimento de um projecto de alta qualidade, cujo conceito básico está, desde já, salvaguardado pelo PDM (Plano Director Municipal) para esta zona.
O conceito é centrado na transformação da Ponta Formosa e de algumas zonas do lado esquerdo da estrada que conduz ao centro da freguesia num campo de golfe de alta qualidade.
Este plano tem a inequívoca vantagem de preservar uma vasta área verde que rodeia a freguesia.
A viabilidade de um campo de golfe de alta qualidade requer a construção de um hotel e de residências turísticas adjacentes. O projecto aponta a necessidade de construção de um complexo de alta qualidade com um baixo nível de ocupação de área. Estas estruturas estariam circunscritas às zonas próximas das estradas de acesso ao Porto Formoso.
Com o local de intervenção definido e o seu interesse reconhecido, tudo o que resta é encontrar uma estratégia que transforme este projecto em realidade.
O local de intervenção é, actualmente, propriedade de cerca de 30 donos, com quase toda a área dedicada à agricultura. A primeira tarefa em mão será adquirir essas terras e transformar a sua corrente utilização.
Para conseguir isto é importante desenvolver esforços no sentido de conseguir apoios para este projecto, quer junto da população, quer junto das autoridades públicas, que são cruciais para o desenvolvimento de um projecto de interesse público como este."

(a tradução foi realizada por mim, por isso, pode não ser a melhor)

Forma optimizada de organização do espaço no Porto Formoso:
Segundo os autores do projecto o campo de golf seria na Ponta Formosa (Ponte) e teria um resort incluido. Haveria uma marina na zona do Castelo e um Hotel na zona por cima do castelo com piscina e praia (areia do Calhau). Algumas piscinas naturais da costa da Ponta Formosa (Figueiras, Frade, etc) seriam alvo de melhorias, tais como acessos pedestres, etc.


Forma optimizada do campo de golf:
Segundo os autores, o campo teria 18 buracos, uma club house e integraria aspectos naturais, tais como, pedras de basalto, vegetação e várias vistas sobre o mar, freguesia e montanha.

Comentários

JASRAPOSO disse…
O trabalho aqui desenvolvido é mais uma iniciativa de alguém com visão futura e que acredita no enorme potencial do Porto Formoso.

Perante o ostracismo a que várias entidades públicas contunuam a dar ao Porto Formoso, nada melhor do que sugerir uma vigília junto à Igreja e rezar a famoso oração atribuída a S. Ricardo de Chichester - " DAÍ-NOS FORÇA PARA ACEITAR O QUE NÃO PODEMOS MUDAR, A CORAGEM PARA MUDAR AS COISAS QUE PODEMOS MUDAR E A SABEDORIA PARA DISTINGUIR A DIFERENÇA ENTRE ELAS". Eu acrescentaria - E a paciência para contunuar a tolerar a incompetência, o oportunismo e o desleixo que continuam a poliferar em muitos daqueles que nos governam.
JAGPacheco disse…
O futuro da economia Açoriana, sem dúvida que passa pelo turismo. Neste contexto o Porto Formoso tem enormes potencialidades de aproveitamento turístico.
- Graficamente esta intenção de projecto é muito interessante. Levantando, no entanto, algumas questões de ordem prática:
- Quanto custa um projecto desta natureza. Orçamento?
- Os incentivos Regionais de apoio ao desenvolvimento turístico abrangem este tipo de projecto. Subsídios?
- É fácil de contornar o facto da maior parte destes terrenos estarem localizados na Reserva Agrícola da Região. Burocracia?
- Os Estudos de Impacto Ambiental são favoráveis. Que coisas se poderão eventualmente estragar?
- Existem investidores potencialmente interessados neste projecto. Viabilidade económica?
Não quero ser o Velho do Restelo. Mas também não poderia deixar de colocar estas questões. Tenho desde já a certeza que a curto prazo, o valor dos terrenos agrícolas do Porto Formoso ficará eventualmente inflacionado!
Jordao Farias disse…
É a isso que chamam de desenvolvimento?! Eu chamo retrocesso. Um campo de golf – sabem quantos campo de golf existem em destinos muito mais baratos do que os Açores? Milhares. Uma marina no Porto Formoso e a freguesia, que tanto prezo teria que mudar de nome, deixaria de ser a baia mais bonita da ilha para ser apenas mais uma das milhares que estão no Atlântico. Aliás se isso acontecesse, espero muito bem que não, os Açores teriam que mudar de nome, tipo Madeira II ou mesmo Algarve III.
Meus senhores ficamos em segundo lugar no National Geografic http://www.nationalgeographic.com/traveler/features/islandsrated0711/islands_europe.html#2 porque somos diferentes. Não vamos agora atrás dos outros. Eles é que querem ir atrás de nós mas infelizmente já não podem, porque a Natureza não é um lego para se construir e depois destruir e ficar tudo igual.
O turismo deve ser sem duvidas uma das nossas apostas mas não podemos cair no mesmo erro do passado, temos que criar alternativas e, acima de tudo, devemos apostar no nosso produto genuíno, a Natureza, as nossas Gentes, a nossa Gastronomia, etc.
Via rápida pró Nordeste – só para tirar 10 minutos à viagem, para quê isso? Temos que apostar na melhor qualidade dos nossos serviços – mas isso só se consegue com melhores salários. Aumentar isso sim a promoção em países como os Estados Unidos, Europa do Norte – sem ser os Escandinavos porque esses já se percebeu que não dão mais do que já deram. Os nossos únicos problemas nesse momento são a sazonalidade e os elevadíssimos preços das tarifas aéreas. Esses sim devem ser os alvos da nossa atenção. Para quê trazer mais turismo para cá no Verão se não temos mais lugar para eles?
Anónimo disse…
se não há dinheiro para tapar os buracos da estrada, como é que vão realizar um projecto desta envergadura..... talvez para o ano 2200!!!!!!!!!!!!!
aguia disse…
Não acabem com as belezas naturais do Porto Formoso, preocupem-se mas é com as coisas práticas.
Onde está o prometido saneamento básico para a Canada das Gentes e rua Nossa Senhora do Carmo?
Onde está a apresentação do prometido projecto de recuperação da orla costeira da zona do posto dos barcos? Não era para ser feito em Outubro?
É para essas questões quer exigimos respostas.
aguia disse…
Num jornal diário de hoje a Câmara da Ribeira Grande anuncia a abertura de um concurso público para a construção de uma etar em Rabo de Peixe.
Depois da Maia agora é a vez de Rabo de Peixe. No Porto Formoso, ZERO À ESQUERDA.
Também fiquei surpreendida com o vereador da Câmara a afirmar na RTP-Açores que o ralie da Ribeira Grande era um evento cultural e contribuia para a divulgação do turismo no concelho. A ser assim, é uma maneira bem pobre de divulgar aquelas potencialidades e um custo que quase toda a gente desconhece.
Anónimo disse…
O porto Formoso NÃO TEM NADA QUE VER!! a freguesia o porto formoso é uma rua com tres 2 metros e meio de largura e kom meia duzia de canadas!um bairro de kasas, sem tarelo nehum!!!!!!!! um desterro de um porto de pescas!O ke tem de melhor aki na nossa freguesia é a praia!!e vc ke eskeçam kamo de golfe etc etc tem muita mais kousas em investir doke num campo de golfe! O aproveitamento da zona balmear era o melhor desenvolvimento ate ke se podia tornar o ponto melhor na kosta norte a seguir á´s fabrikas de xá e ate da ilha!!!! Temos ke remodelar o ke temos pk isso danos suficiente!! O KE É MELHOR KAMPO DE GOLFE??OU RESTAURAÇÃO DAS PICINAS DE SANTA IRIA????vOCES KE ABREM ESSES OLHOS!!!!Invistam €€€€€€€€€€€€ nas picinas da ladera da velha!!!!
Anónimo disse…
já não escrevo neste espaço faz uns mesitosbons. Aproveito o meu direito de antena para dizer que vale a pena sonhar, e que os sonhos apesar de serem incolores podem na realidade dar cor à vida.
Esse projecto nao deixa de ser um desenho por pintar, faltam os lápis. De preferência os de cera, pois pintam mais depressa e são mais faceis de manejar. Um abraço. Braga
Pedro Lopes disse…
Meu caro amigo, Regedor,

este projecto não deixa de ser surpreendente. Só vem demonstrar o potêncial que tem o Porto Formoso e as suas zonas limitrofes. (alguém se interessou ao ponto de idealizá-lo e passá-lo para o papel)

Em relação ao projecto própriamente dito, embora de início possa parecer completamente descabido e sobre dimensionado em relação ao nosso turismo e até à dimensão e idiossincrasias da freguesia, a verdade é que pode bem ser viável e uma solusão de desenvolvimento - aqui não sustentável, mas antes revolucionário -, para a freguesia.

Mas - e este ponto é muito importante -, não podia ser este o modelo de desenvolvimento turistico para os Açores.

O Porto Formoso, e mais um local com o mesmo "espirito" em S. Miguel (e talvez um na Terceira e um no Pico), seriam as pérolas do nosso Turismo.
Quem quisesse passar uns dias nesses, eventuais, quatro únicos locais, paradíssiacos (se forem escolhidos com idênticos critérios), teria de abrir os cordões à bolsa, pois a qualidade tem o seu preço, e hà mercado para este tipo de Turismo, endinheirado.

Claro que nem todos os, eventuais, quatro locais, teriam de ter como base principal o Golfe.

Um deles, o do Pico, por exemplo, poderia ser mais virado para o mar, com mergulho e Whale watching de excelência.....ou dedicado ao vinho, às vinhas e à Montanha.

O segundo local em S. Miguel, poderia ser no interior da Ilha, no meio de matas e montes, por exemplo.

Enfim, já vai longo, mas por vezes a inovação e um pensamento ordenado e em harmonia com o que de melhor temos, Natureza e Mar, pode ser a solução para um Turismo de qualidade (que deixe divisas), sem atentar contra a natureza e paisagem.

Um grande abraço
deus2deus disse…
Nos proximos tempos não vai haver projecto nenhum no Porto Formoso. Um projecto desta envergadura não se faz do pé para a mão, são precisos milhoões de euros. Mas uma coisa é certa eu não vejo fazerem projectos destes para outras freguesias mas para o Porto Formoso apareceu este.
Meus amigos, poucos entenderam o potencial da nossa terra para o turismo.
Hoje onde há vacas a pastar daqui a 20 ou 30 anos vai haver hoteis de luxo, os terrenos vao ser caros e viver no Porto Formoso vai ser um luxo para os ricos.

Vejam o que se passou na praia dos moinhos onde antigamente ninguem queria uma casa nem dada e hoje valem milhares de euros.

Adeus
pedro lopes disse…
Caro "deus2deus",

se há coisa que não podemos parar, essa coisa é o progresso. Mas uma coisa podemos e devemos fazer, é prepararmo-nos e planearmos esse progresso.

Como você disse, "poucos entenderam o potencial da nossa terra para o turismo", e se o autor/es deste pseudo-projecto se deu ao trabalho de passá-lo para papel, é porque o Porto Formoso desperta interesse e tem potencial para um projecto dessa envergadura.

Mas como diz o Regedor; este projecto contém "defeitos e virtudes".

Há que ponderar tudo. Há que dar voz às gentes do Porto Formoso, e acautelar o seu futuro e bem estar.

Cumprimentos
Tiago Melo disse…
Desenvolvimento/retrocesso, tradição/modernidade, grandes dilemas se vive neste blogue.Ainda bem!
É claro que ninguém pode proibir a marcha do progresso, remetendo as nossas terras ao ostracismo de má memória. É claro que o turismo é uma aposta certa para promover o desenvolvimento dos Açores.Pois.
A dificuldade está, caros amigos, em conciliar o local com o global, a tradição com a modernidade, sem criar espaços de novo riquismo elitista e pedante. Se a globalização cultural é um facto inegável, então que se promova, com igual entusiasmo, as identidades e singularidades locais (culturais, paisagisticas) em que o Porto Formoso é rico. `
Não há incompatibilidades nestas coisas, mas tem que haver bom senso e colocar a democracia a funcionar: projectos destes só referendados e com muita ponderação, pois cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém.
Viva a democracia, no Porto Formoso ou em qualquer recanto do mundo.
Cavalete disse…
A não perder hoje, Domingo, as comemorações do dia do Mar no Porto Formoso....
Anónimo disse…
.
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Regedor disse…
Caro anónimo do ultimo comentário,

apesar de concordar em grande parte com o seu comentario apaguei-o.
por várias razões, das quais vou escrever apenas duas: está a falar de pessoas que faleceram recentemente e que não tenho autorizaçao dos familiares para estar aqui o nome destes que nos deixaram; está a fazer um comentário sério demais para ser feito por um anónimo.

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha