« Home | Maldita estrada » | FÓRUM AUTÁRQUICAS III - sábado (dia 5) à noite tom... » | Assim foi o chá das 3! » | Fim da crise sísmica? » | FÓRUM AURTÁQUICAS II - a recta final » | Propostas a serem entregues às listas candidatas » | Pub » | Águas azedas » | Aparentemente férias » | Nobreza no Porto Formoso »

A minha avó vai matar as galinhas?

A União Europeia acaba de proibir a criação de galinhas a céu aberto. Como será o Porto Formoso sem galinhas?

Belo post! Este blog estava a ficar sério demais e precisava descontrair.

Olha não estou a ver as pessoas de Porto a matarem as galinhas todas. Depois como é que se ia fazer massa sovada? E como é que eu ia acordar ao som dos galos?
Iam ser só galinheiros fantasma onde se iam criar ratos labregos.

Agora a sário... não passo sem a minha canja caseira.

ps. as barracas deixariam de vender ovos cozidos?

E os perus? E as rolas? E os canarios? E os marrecos? E as marrecas?

Nao me digam que tambem vao matar as marrecas!!!

Bom dia caros bloggers!
Acasadamosca estava mesmo a precisar de um post diferente sempre politica tambem não! Já chega!

Com diz o blogger espera_por_mim_tou_me_a_vestir não concordo que se mate as marrecas!

Pois pois!
Este post induziu-me em erro... fiquei a pensar que eram só as galinhas.

O porto formoso está cheio de pombos!
Os piores são os pombos-correios. Esses, que existem em abundânica no porto formoso e que estão em todas as esquinas inclusivé dentro dos cafés, deviam ser todos abatidos com a espingarda do pacheco!

As rolas que vão há missa ao domingo e que há noite sem transformam em corujas-loucas também poderiam ser exterminadas.

PS. Agora mais a sério.. não sei como irá ser. No Porto Formoso todos têm galinhas ou pombos ou etc... ao ar livre.

Seria interessante saber se existe algum "produtor profissional" de aves ou de ovos no Porto Formoso que seja directamente afectado por esta medida ou se esta vem apenas afectar a "criacao de quintal" que muita gente tem para consumo proprio.

Gostaria de ouvir a opiniao de bloggers especialistas na area da saude.

O que e uma pandemia?

Existe alguma estatistica oficial de quantas pessoas morrem por ano de gripe nos acores?

amigo espera_por_mim...

eu que não estou por dentro do negócio dos ovos conheço duas pessoas que vendem ovos.

cumprimentos.

Nunca mais ouvimos os comentarios do aguia!! Ainda a semana passada ele estava no primeiro lugar do ranking.

Sera que ja foi atingido pelo virus? A ser assim sera o primeiro caso em Portutgal!!! Oh aguia, onde andas? Anda ca rapaz! Nao me digas que estas de quarentena...

PS: bem, ja me esquecia do pinto da costa que ficou infectado na deslocacao da aguia (a de lisboa) ao porto.

LOL
O blogger águia deve ter sido atingido pelo virus! Onde páras?

Concordo com a exterminação das espécies que o blogger deus2 propôs!
Estamos todos a brincar, mas os galinheiros, pombais e afins foram proibidos. Penso que por enquanto a medida não será implantada no Porto Formoso. Mas e se tiver de ser? Ninguém vai conseguir explicar às avozinhas que vamos ter de acabar com a criação!!
por outro lado penso que jà exitem algumas pessoas infectadas mas deve ser de nascença:::com o virus da inveja: livra! passa fora! esse nao tenho:

Noticia de interesse em http://www.da.online.pt/news.php?id=91157

caro cavalete a sra. enfermeira que deu esta entrevista dá tantas calinadas que até devia ser expulsa da ordem!!
Por exemplo: "Liliana Teixeira é também de opinião que a propagação da doença tem muito a ver com promiscuidade, como acontece na Tailândia, onde as pessoas convivem muito perto dos animais."

Sem comentários...

Se, de facto, muitas exploracoes de aves a ceu aberto tiverem de fechar ou serem reconvertidas noutro tipo de exploracoes, sera de esperar uma quebra na oferta de ovos e frangos, o que a curto prazo causara um aumento do preco destes produtos alimentares.

As pessoas naturalmente irao substituir parte do consumo de frango por outro tipo de alimentos, nomeadamente carne de porco e de vaca. Ora, o aumento da procura deste outro tipo de carne (produto substituto) podera tambem levar ao seu aumento de preco.

Temos portanto dois tipos de choques de mercado que produzem o mesmo efeito: aumento do preco do produto.

No primeiro caso, aumenta o preco dos frangos devido a uma quebra da oferta e no segundo caso aumenta o preco da carne de porco e vaca devido a um aumento da procura.

Claro que poderemos ter tambem outros efeitos de curto prazo na economia acoreana:
1) Aumento do desemprego de pessoas directamente envolvidas na criacao destas aves;
2) Aumento do preco de determinados servicos que dependem dos produtos ja mencionados, tais como refeicoes nos restaurantes.

Claro que o rendimento disponivel de cada agragado familiar tambem e afectado negativamente, embora ligeiramente.

Isto partindo do principio que o virus so afectara as aves...

Além de uma perspectiva económica é importante uma perspectiva sanitária!!!

Branco é … galinha o põe.

“Literalmente, um galinheiro pode muito bem ser a casa da mosca, pois os dejectos dos galináceos são um dos locais favoritos para a mosca deitar os ovos e construir habitação.”

Á cerca de 50 anos, no Porto Formoso e nas demais zonas rurais, o galinheiro, era aquele espaço que fazia a separação entre casa e o quintal. Aí coabitavam galinhas, perus, marrecas etc., também lhe chamavam estrumeira, pois era depósito do lixo doméstico, na época, 100 % bio-degradável. Os mais remediados, não utilizavam directamente a estrumeira, possuíam a retrete, também para ali canalizada. Todos estes materiais depois de naturalmente fermentados eram lançados á terra, como estrume fertilizante.

Hoje, em plena época da recolha selectiva dos lixos; Da política dos 3 RRR; Reduzir, Reutilizar, Reciclar; Poderíamos afirmar que o grau de civilização de uma sociedade, se pode avaliar, pelo destino que ela dá aos seus efluentes.

No Porto Formoso os esgotos domésticos são lançados directamente, na baía que lhe dá o nome.

Aqui ao lado, na Maia em plena pré campanha, foi inaugurada uma ETAR Estação de Tratamento de Águas Residuais, serve 90 % da população e custou 6 000 000 € (seis milhões de euros), escrevi por extenso porque posso me ter enganado nos zeros.

Se na época da pré e campanha eleitoral, muito bem se cantou neste Blog. Não façam, puiu… silêncio no galinheiro… Pois agora que os Galos já ocuparam os respectivos poleiros. É a hora certa, de relembrar-mos, muito daquilo que o Porto Formoso necessita.

Saudações Formosas

JAGPacheco

Noticia obtida no site www.sic.pt

"A União Europeia vai aconselhar os cidadãos a não consumir ovos crus e a cozinhar bem a carne das aves de capoeira para evitar a contaminação pelo vírus da gripe das aves, afirma o Financial Times. A gripe das aves já chegou entretanto à Alemanha, embora ainda não exista a certeza se as aves estão contaminadas com a estirpe do vírus mais perigosa para o homem."

Sem pretender entrar no campo teológico opino que as contas das festas de N.SRª da Graça estão muito mal apresentadas.
Não se trata de má gestão, mas apenas uma questão de apresentação.
Ora vejamos:

- As despesas e receitas estão muito mal subdivididas
- O custo dos foguetes aparece camuflado com outros custos. Os membros da C.Festas ao lerem a Casa da Mosca deram, com essa atitude, cobertura aos devaneios do José Maria.
- SE não fosse o lucro do gado a festa tinha dado prejuizo.
- Não percebi aquela história do Grupo Folcolórico ter levado dinheiro para actuar nas festas.
- Também não percebi o montante que o Grupo de Jovens + o Grupo Folcolórico tranferiram para a Comissão de Festas.

Quem pergunta não ofende

Tudo Corre Mal na Arca de Noé.

Para além, de uma longa lista de animais em vias de extinção. Agora as vacas ficaram loucas e as galinhas constipadas!

A Arca de Noé, já não se move pela fé, utiliza modernos combustíveis fosseis e navega por GPS, Global Position Sistem!
Como resultado, os animais circulam muito mais facilmente entre regiões países e continentes, levando sempre consigo uma enorme colecção de fungos, bactérias e vírus, que muitas vezes, não sendo patogénicos na sua região de origem, provocam graves doenças quando se transmitem aos novos hospedeiros que contactam no destino, estes geralmente, sem defesas para os novos parasitas importados.

Fazendo um balanço á doença das vacas loucas (está comprovado) na Europa morreram apenas 5 pessoas, uma delas vegetariana.

Relativamente á gripe das aves, dos muitos milhões de asiáticos, até agora morreram, apenas 60 pessoas, quase todas elas tiveram contacto com aves mortas infectadas.

Contudo, com estes alarmismos, as televisões ganham audiências e os grandes laboratórios, ganham milhões.

Saudações Formosas

JAGPacheco

Confirmando o que já havíamos escrito, o dr. António Pedro sempre vai para a ALR, obrigando o dr. Vitor Cruz a ir para Lisboa.

Com as afirmações proferidas à comunicação social pelo dr. António Pedro, sabemos que este vai apoiar o sr. Natalino Viveiros à liderança do PSD.

O dr. António Pedro passará a ter a sua reforma acrescida do ordenado de deputado.

Vivas a este grande defensor do Concelho da Ribeira Grande

Caro jagpacheco,
os laboratórios farmacêuticos são dos maiores parasitas da economia nacional. Como exemplo temos a multa de 20 e tal milhoes de € porque provou-se a prática de acordo de preços entre várias empresas farmaêuticas num determinado produto lesando o estado (contribuintes entenda-se) em muitos milhões.

Caro águia, concordo consigo. Ao sr. ANtónio Pedro Costa não atribuo qualquer qualidade de oratória nem de legislador pelo que vai para lá para receber o seu. No entanto, o post de política é outro. Aqui é aves, gripes e politica sanitária.

Caro blogger nightmare00,

Também concordo que é importante uma perspectiva sanitária do assunto.

Certamente que ficariamos mais esclarecidos se pudesse dar uma contribuição para tal.

Um colega fez o favor de recordar que este fim de semana a CASA DA MOSCA vai atingir as 10.000 visitas.
É sem dúvida um número que ninguém esperava.
Também não consigo imaginar quando vamos atingir as 100.000,00.
Penso que isso só será possivel de atingir se houver uma equipa capaz de imprimir uma dinâmica contínua.
Outra questão que gostaria de abordar é o juízo sobre o futuro da Junta de Freguesia feito pelo AGUIA. Embora sejam os mesmos, devemos dar-lhes todo o apoio e benefício da dúvida. É incorrecto fazer juízos precepitados. As pessoas só agora vão entrar.

A ribeira que vem desaguar na baía do Porto Formoso é a maior vergonha da freguesia. Basta entrar na garagem do mestre fernando e ver os esgotos, o lixo e os ratos que por lá andam!

O lixo é tal nessa ribeira que o proprietário do Restaurante se viu obrigado a colocar umas tábuas naquele zona. Com essa medida fez-se com que os frequentadores do restaurante, enquanto aguardam vez no Jardim Público, não consiguem ver as ratazanas que por ali circulam.
É preciso não esquecer que aquele terreno também é propriedade do sr.Jorge Silva.
A Junta de Freguesia não pode fazer tudo, embora este caso seja um atentado à saúde pública.
Aliás, este tema já foi abordado na CASA DA MOSCA.

O Segundo Mundo!
Foi com muita satisfação que registamos, este fim semana, o delinear das fundações, de algumas das 25 casas, projectadas para a Rua de Nossa Senhora da Graça.
Esta iniciativa, louvável, da Direcção Regional da Habitação é um sonho que agora começa a tomar forma, para estes jovens casais do Porto Formoso. Só assim se trava o êxodo e o envelhecimento, das populações rurais Micaelenses.
Estas obras contarão, certamente, com o empenho e entusiasmo dos proponentes. Daí hão-de resultar habitações condignas, numa das ruas do Porto Formoso onde as crianças, ainda podem brincar com alguma segurança.

Uma das obras que também gostávamos de ver iniciada, ou porventura acabada, seria a dos esgotos das “águas pluviais” da referida Rua.
É do nosso conhecimento que a Junta de Freguesia do Porto Formoso já iniciou algumas “demarches” para a resolução do problema.
No entanto, estamos novamente em pleno Inverno e a erosão provocada pela descarga do aqueduto após cada chuvada, é bem visível (para os lados da “areia do cabo”) na cor das águas do Porto Formoso!

Saudações Formosas

JAGPacheco

O jornal Açoriano Oriental, na sua edição de ontem, informar que vai ser implementado um parque temático, a ser gerido pela Santa Casa do Divino Espirito Santo da Maia.

Este parque "visa promover a zona oriental da Ribeira Grande e criar emprego".

O que caberá ao parente pobre - Porto Formoso??

Aqui temos o exemplo acabado de que "Santos da Casa não Fazem Milagres".
O dr. Laudalino Moniz é, simultaneamente Presidente da Casa do Povo do Porto Formoso(?) e da Santa Casa da Maia.
O que é que tem feito pelo Porto Formoso senão angariar alguns seguros?
Ainda houve cavalheiros que discutiram a mais valia deste senhor na lista do PSD como candidato a Vereador.
Com amigos destes o Porto Formoso não precisa de inimigos.

Parabéns ao café do mestre joão que tem na porta um artigo sobre a gripe das aves. Goste-se ou não está lá para quem quiser ver.

Mais uma martelada... tenham vergonha na cara e tratem da ribeira que vai ter ao calhau. O terceiro mundo é ali.

Sera que já começaram a matar as marrecas?

Enviar um comentário

Locations of visitors to this page