Património Edificado

Complexo-agrícola à entrada da Ponta Formosa

A Direcção Regional da Cultura através do Instituto Açoriano de Cultura está a realizar um importante trabalho sobre o inventário do património edificado dos Açores.
O trabalho está sendo efectuado com a publicação em livro e em suporte digital do património referente aos vários concelhos.
O livro referente ao concelho de Ribeira Grande foi publicado em 2007. Nesse livro foram catalogados 222 itens, dos quais 12 ficam no Porto Formoso, a saber:

CHAFARIZ - ESTRADA REGIONAL - RIBEIRA DO PICO

PONTE SOBRE RIBEIRA DO LIME

GRANEL - RUA DOS MOINHOS Nº8

COMPLEXO AGRO-PECUÁRIO - À PONTA FORMOSA

PONTE SOBRE A RIBEIRA DO CHIQUEIRO

CASA DE HABITAÇÃO - RUA JOSÉ DO CANTO Nº17

CASA DE HABITAÇÃO - RUA MANUEL DA PONTE Nº6

IGREJA DE NOSSA SENHORA DA GRAÇA

CASA DE HABITAÇÃO COM GRANEL - RUA PADRE MANUEL TAVARES RESENDES Nº 2 E 9

FORTE DE SÃO BRÁS

CASAS DE HABITAÇÃO E GRANÉIS - RUA FRANCISCO MACHADO FARIA E MAIA Nº 21, 23, 25 E 34

Esta lista, encerra as construções mais importantes de um ponto de vista de riqueza cultural e arquitectónica do Porto Formoso.
Contudo, não sendo especialista, não entendo como não incluiram, por exemplo, alguns dos nossos moinhos de água, a fábrica de chá, o muro do porto do pescas, ou alguns dos tanques de lavar roupa.

Entretanto, quem quiser saber mais pode começar por clicar nos links em azul.

Comentários

Anónimo disse…
Eu acrecentava o edifício da Casa do Povo e os silos.
Anónimo disse…
anonimo das 14h23 a casa do povo está mencionada na rua manuel da ponte 6 basta só clicares e logo vês mas como só escreves por escrever e não conheces a freguesia portanto está tudo dito
Anónimo disse…
sr regedor não existe rua da rota no porto formoso mas sim rua da grota e a casa do povo fica situada na rua manuel da ponte nrº6
O Regedor disse…
Tem razão o último anónimo. O post já está rectificado.

Cumprimentos
Anónimo disse…
esqueceram-se das canadas das gentes tem lá uma casa bem antiga com lar e forno com a tipica loja sitio aonde se guardava os alimentos que a terra dava.
Nao sei o numero talvez seja o vinte tem uma janela uma porta .

a entrada tem escadaria toda ela de pedra da lavoura antiga.
Anónimo disse…
Aqui fica registado a sensibilidade das pessoas no que diz respeito à cultura à três dias que aqui foi colocado este assunto e só houve 3 comentários e todos eles construtivos se fosse um enredo já tinhamos umas cem visitas com comentários totalmente destrutivos mas é o que temos cada um dá aquilo que tem
Anónimo disse…
dos 3 eu fui um deles
Anónimo disse…
Tanto chico esperto e não há alternativa à direcção da Casa do Povo e pouca ou nenhuma à junta.

Falam, falam...
JASRAPOSO disse…
Estamos em época de férias e muitas pessoas visitam o Porto Formoso nesta altura do ano.

O saber receber é uma das formas mais importantes de valorizar a nossa freguesia.

É também a altura em que os alunos eixam as escolas e passam mais tempo junto dos pais. É uma boa oportunidade para os pais se dedicarem um pouco mais aos filhos e procurarem corrigir alguns dos seus comportamentos.

O Porto Formoso pode ter muita coisa boa, mas isto de nada valerá se não houver esducação e formação...
JAGPacheco disse…
Da ficha de cada imóvel consta a sua “função inicial” que no caso deste complexo está identificada como função agrícola. A “função actual” do ano do levantamento e que ainda hoje se pode testemunhar são armazéns.

Pelo meio ficou esquecida uma “Função Muito Nobre” que não pode ser ignorada. Este imóvel serviu de aquartelamento militar durante a segunda grande guerra mundial.
Ainda hoje é conhecido por “Quartel” e certamente durante mais alguns anos, assim, irá permanecer na memória colectiva das gentes do Porto Formoso.

O conjunto arquitectónico, muito rico em cantarias, encontra-se actualmente na posse de diversos proprietários, infelizmente bastante degradado e com pormenores impossíveis de recuperar.

Para manter e conservar um imóvel desta natureza, nos dias de hoje, só uma entidade pública.
Apesar de não estar localizado no centro da freguesia, ali teria sido um local interessante para instalar uma Junta de freguesia, uma Casa de Povo e muitas outras valências ….
JASRAPOSO disse…
A Câmara Municipal da Lagoa vai atribuir a Medalha de Mérito Municipal ao Padre João Furtado.

Aquele nosso conterrâneo vai festejar, na companhia de familiares e amigos, no próximo Sábado, a partir das 11 hrs em Santa Cruz da Lagoa, as suas bodas de prata de ordenação sacerdotal.
aguia disse…
É um pouco estranho que a festa do Padre João se faça na Lagoa e não no Porto Formoso. Será porque não temos na freguesia um local apropriado para albergar todos os convidados?
É também estranho que o ano passado tenham colocado um anúncio aqui na CasadaMosca sobre o festival de folcolore e este ano nada. Será que estão brigados com o Regedor?

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha