Um orgulho muito nosso


É a saltadora da direita (foto: Reuters)
A luso-canadiana Meaghan Benfeito ganhou a medalha de bronze ontem (terça-feira) nos saltos sincronizados da plataforma a 10 metros nos Jogos Olímpicos de Londres.

Meaghan Benfeito, é descendente de açorianos da Freguesia de Porto Formoso, irá ainda competir nos Olímpicos de Londres a título individual, na prova de saltos em plataforma de 10 metros, que se inicia a 08 de agosto. Ou seja, ainda há a possibilidade de ganhar mais uma medalha!

Meaghan Benfeito nasceu em Montreal e é filha de Artur Benfeito e Margarida Correia. Os avós, naturais do Porto Formoso, são Maria Furtado e João Correia pelo lado da mãe e Artur Benfeito e Justina Pacheco pelo lado pai.

Disse em declarações ao jornal A Bola: «São tantos os que me ajudam que vou levar a medalha aos Açores, para que todos a vejam e a partilhem comigo» e «Na hora de celebrar a medalha, claro que me lembrei dos portugueses e de toda a comunidade portuguesa que vive no Canadá e que tanto me apoia. É fantástico ter dois países que se ama».

Esta rapariga merece uma recepção no Porto Formoso! É a primeira vez que alguem com "sangue" Portoformosense ganha algo tão grandioso como uma medalha no Jogos Olímpicos. Talvez seja o maior feito desportivo de sempre de origem Açoreana.

(post escrito com base nos comentários dos leitores d´A Casa da Mosca e em jornais)


Entretanto, porque o que é bom e tem sucesso deve-se repetir:


Comentários

O Regedor disse…
Tomei a liberdade de copiar os comentários provenientes do último post:



The 25-year-old Filion, who hails from Laval, Que., and 23-year-old Benfeito of Montreal have spent the past five years training together, seven or more hours a day, six days a week.

“We miss each other on Sunday, so we usually text or call,” Benfeito laughed a few moments after winning the Canadian diving squad’s second medal of the London Olympics.

After the medal ceremony for the 10-metre event and several rounds of interviews, the two divers sprinted around the outside of the venue to meet their parents, leaping into their arms – and then into the other set of parents’ arms.

The relationship between the two divers, you see, extends to their families.

“We’ve known each other for years, since we’ve been here we’ve eaten together every night. [Monday] was our fish and chips night. We follow each other around ever day,” Filion’s father, Marc, said with a laugh.

The divers’ mothers were dressed identically in the stands during the competition, which didn’t escape their daughters’ notice. “Of course,” Benfeito’s mother, Margie Correia, said when asked if it was planned. “It’s synchro for us, too.”

Tuesday was also a red letter day for Benfeito’s father, Arthur.

“It’s priceless, it’s absolutely priceless. It’s my birthday and this is the best present a parent could hope to have,” said the elder Benfeito, who turned 50.

While the divers were able to celebrate with family, they dedicated the performance to Filion’s grandfather and Benfeito’s uncle, both of whom passed away this past year.

“We had some angels with us today, they had the best seats in the arena,” said Filion, an inveterate hockey fan who brought her lucky Montreal Canadiens fleece blanket to London.

The memento Benfeito brought along was a photo of two of her late uncles, which she taped to the mirror of her room in the athletes’ village.

Despite similarities that go way beyond their team jackets, they have differences, too: Filion is typically too nervous to watch her rivals during competitions, whereas Benfeito always makes a point of knowing what the other duos have done.

Filion admitted having trouble eating and sleeping in the days leading up to the event, but added: “I actually felt calmer and more serene when we got up to the tower than I think I ever have. We had literally done everything we could to prepare.”

Both divers said they took extra motivation from good friends Jennifer Abel and Émilie Heymans, who won bronze Sunday in the three-metre springboard.

“When they got back to the village, it was late, we were sitting with them, looking at their medals, and we said, ‘We want one, let’s go get one.’ It was so inspiring,” Filion said.

It was also the second consecutive occasion a Canadian synchro pair came from behind to win a medal.

Benfeito and Filion had dropped to fourth place after two dives, but nailed a difficult forward 31/2 somersault to return to third, a position they wouldn’t relinquish.

Diving Canada technical director Mitch Geller said: “It’s the best I’ve ever seen them do that dive in practice or in competition.”

From there, Filion said, the plan was: “Don’t look, don’t think, do the dive like we know we can, screw the synchro, just land on your head.”

They did, and the medal was theirs.

China’s Chen Ruolin and Wang Hao won top honours – it was the second synchro gold in a row for Chen. Mexicans Paola Espinosa Sanchez and 15-year-old partner Alejandra Orozco Loza edged the Canadians for silver.

FICA AQUI A PERGUNTA PARA QUEM SOUBER RESPONDER - A CAMPEÃ OLIMPICA TEM ASCENDENTES NO PORTO FORMOSO???

Colocado por JASRAPOSO | 1/8/12 11:32
O Regedor disse…
Os Açores já têm a sua primeira medalha nos Jogos Olímpicos! Meaghan Benfeito, cuja família é do Porto Formoso, em São Miguel, ganhou hoje a medalha de bronze, pelo Canadá, em “mergulho sincronizado

Em complemento da informação anterior, recebi mais esta notícia

Colocado por JASRAPOSO | 1/8/12 11:46



Não param de chegar informações sobre a medalhada nos jogos olimpicos.

Aí vai a última.

Meag Han Benfeito nasceu em Montreal e é filha de Artur Benfeito e Margarida Correia. Os avós, naturais do Porto Formoso, são Maria Furtado e João Correia pelo lado da mãe e Artur Benfeito e Justina Pacheco pelo pai

Colocado por JASRAPOSO | 1/8/12 12:58



A luso-canadiana Meaghan Benfeito ganhou a medalha de bronze ontem (terça-feira) nos saltos sincronizados da plataforma a 10 metros nos Jogos Olímpicos de Londres.

Nascida em Montreal, no Canadá, Meaghan Benfeito, que é descendente de açorianos da Freguesia de Porto Formoso, irá ainda competir nos Olímpicos de Londres a título individual, na prova de saltos em plataforma de 10 metros, que se inicia a 08 de agosto.

Colocado por Anónimo | 1/8/12 14:00
JASRAPOSO disse…
aqui vai o link onde descobri o parentesco da miuda...procura os dados na pagina 16




http://www.avozdeportugal.com/backup/2005/08-03-2005.pdf


http://www.record.xl.pt/Modalidades/Olimpismo/londres2012/saltos_para_a_agua/interior.aspx?content_id=769172




neste ultimo site (o record) ve-se que ela ja ganhou um titulo no ultimo campeonato mundial


Informação que recebi ao fim da tarde
Anónimo disse…
Parabens à familia!!

Um feito muito grande.
A Maia tem um prémio nobel e o Porto Formoso uma medalha dos jogos olímpicos. A zona norte tem grandes inteligências e grandes campeões do mundo.
Emanuel Vieira Marques disse…
Valeu a pena ter esperado, obrigado o Regedor de partilhares este grande momento é que esta menina é mesmo fantastica,tudo isso é verdade , o Porto Formoso tem a sua medalha.nao ha gente como a gente
Anónimo disse…
Esta menina fica na história do Porto Formoso.

Eu nunca vi uma medalha dessas ao vivo na minha frente. Ela que venha mostrar essa medalha e dia 8 há mais para ganhar!!!!
JASRAPOSO disse…
COISAS DO CORISCO…

1 – Teve hoje lugar o peditório para as festas de Nossa Senhora da Graça. Agora há que elaborar o programa de acordo com as receitas. Oxalá que este ano se resolva o problema do trânsito.

2 – A medalha obtida pela nossa conterrânea nos jogos olímpicos foi motivo de reportagem num programa da RTP-Açores, onde foram entrevistados dois primos.

3 – Só esta semana é que tive conhecimento da pessoa, ou melhor dizendo da família, que emprestou o dinheiro à nossa Igreja para fazer face ao contencioso dos terrenos do Centro Paroquial. Há que louvar a atitude destas pessoas que bem merecem uma medalha de ouro. É com alegria que se vê que continuamos a ter boas pessoas na nossa freguesia.

4 – Pernoitaram neste fim-de-semana no Porto Formoso as motas de água que nesta altura do ano costumam dar a volta à ilha. A crise parece que também chegou a este desporto, uma vez que havia menos de metade de participantes relativamente aos anos anteriores
Anónimo disse…
A Meaghan ainda vem a ser minha prima. És o orgulho da nossa família...boa sorte para os saltos desta semana que vem....

Mensagens populares deste blogue

Águas Medicinais da Ladeira da Velha

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?