Fotografia em breve

Este blog não tem sido muito fotográfico. Vai passar a sê-lo.

Todos os meses uma pessoa da freguesia, convidada pelo regedor, vai tirar fotos relacionadas com o Porto Formoso, que serão publicadas na Casa da Mosca. As fotos poderão ser de paisagens, pessoas, situações, etc., a preto e branco ou a cores. Depende da imaginação do fotógrafo.
Quem sabe no fim, se a qualidade for elevada, não se possa fazer uma exposição...

Para este mês de Dezembro já temos fotógrafo convidado! As fotos chegarão em breve.

Comentários

acreditar disse…
Que fixe!!! Boa ideia, assim as pessoas que moram no estrangeiro poderão também apreciar as belas fotos! Para onde mandamos as fotos?
AGUIA disse…
Sugiro que as primeiras fotos sejam das pessoas que estão à frente das instituições morimbundas da n/ freguesia.
Seria uma boa maneira de ver se alguém consegue fazer alguma "mézinha" para que estes senhores trabalhem ou larguem o lugar
AGUIA disse…
Consta na Ribeira Grande que a Câmara Municipal recusou aceitar facturas de obras realizadas no Salão Paroquial do Porto Formoso.
Estes fornecedores dirigiram-se então ao dirigente da Comissão Fabriqueira que tinha requisitado os serviços, de modo a reaverem o seu dinheiro.
O que terá respondido o referido senhor??
formoso disse…
Deixem-se de criticas!!!! Acho que é uma óptima oportunidade de mostrar ao exterior a beleza do Porto Formoso.
Aproveitem...
Cavalete disse…
Penso que deveriamos ter mais comentarios dos nossos emigrantes do Canada, Estados Unidos e Brazil.

Parece-me que os nossos emigrantes acedem muito a casa da mosca mas nao participam tao frequentemente.

Uma coisa e a imagem que os "insiders" tem do Porto Formoso, outra e a imagem dos emigrantes. Pode haver semelhancas mas acredito que havera muitas diferencas.

Se e verdade que ha emigrantes muito bem informados do que aqui se passa, tambem existem ainda os que tem uma visao da freguesia de ha 20 anos atras. Muitas vezes os emigrantes tem a tentacao de mandar nas "barricas" aqueles produtos tipicamente americanos, com um "cheirinho da america": "candilhos", "pina barra", "sabonetes", etc porque julgam que estes produtos nao se vendem ca.

Outros, quando ca vem 20 anos depois, ate trazem na mala os "kit-kat", "ketchup", etc e depois ficam admirados por afinal estas coisas existirem em cada esquina do Porto Formoso.

Estou a contar isto no bom sentido. O interessante seria ouvir mais historias da "boca" dos nossos emigrantes.

Como e que voces vem o Porto Formoso? Sera que as criticas do aguia (com todo o respeito) sao tempestades num copo de agua? O Porto Formoso esta no bom caminho?
AGUIA disse…
Essas "tempestades num copo de água" significam que a obra do Porto Formoso está parada e a de São Brás vai ser inaugurada brevemente.
A do Porto Formoso começou muito antes da de S. Brás
O Regedor disse…
blogger acreditar,

se quiser pode ser uma das pessoas convidadas a tirar umas fotos. Contudo se já tiver uma ou outra especial pode enviar para o email: acasadamosca@yahoo.com O mesmo aplica-se a todos os bloggers.

Gostaria que as fotos tivessem alguma qualidade artística/imaginação. Não basta pegar na maquina entrar no jardim e tirar uma foto da baía. Isso um bébé faz.

Cumprimentos a todos
O Regedor disse…
Desabafos e Metafísica da Casa da Mosca (em parte discutida no já célebre Chá das 3)

Este blog começou por ser uma simples experiência de quem estava em frente ao computador sem ter muito que fazer. Passados quase 6 meses, essa simples experiência tem quase 14000 visitas (!) no mínimo em 31 locais do mundo! Existem neste momento centenas de leitores do blog e comentadores assíduos, alguns deles de longa data. Ainda não pensei muito sobre este facto, mas uma coisa é certa: tenho uma responsabilidade que não esperava ter.
No início a notícia foi de boca em boca, depois quando pûs o contador de visitas e agora com o Mapa Mundo vejo que a dimensão deste blog e do Porto Formoso é grande. O Porto Formoso é das freguesias que as pessoas adoram mais a sua terra. As pessoas de fora também adoram o Porto Formoso.

Estive agora a ver o mapa e encontrei locais nos Estados Unidos da América que andam a ver "A casa da mosca" desde costa do Pacífico (California) até à costa do Atlântico (Massachussets, Rhode Island, etc.) passando pelo centro do país.
No Canadá vai deste Vancouver até à província de Ontario (Toronto, etc.) e Quebec (Montreal, etc).
No Brasil (os que mais me surpreendem!!!) existem 6 locais, a maior parte deles no Estado do Rio Grande do Sul, talvez na cidade de Santa Catarina, local para onde foram muitos açoreanos e onde se festeja o Espírito Santo tal como cá.
Depois o continente europeu: Alemanha, Inglaterra, Bélgica (?), Espanha (Madrid) e imensos visitantes em Portugal Continental (será que são os nossos estudantes? ou filhos da terra que estão no continente?).
E claro nos Açores!
Haviam pessoas que julgavam que quem vinha ao blog era só eu e os meus amigos. Enganaram-se. O blog é de todos, de muitos, de quem nele quiser entrar e escrever.

Fico a pensar donde vem tanta gente e também penso se este blog merece ter tanta gente de tantas partes do mundo. Ao reflectir imagino que sou um emigrante que está no continente, nas américas ou no resto do mundo. Para mim é fácil imaginar-me nesse papel uma vez que estive 5 anos em Lisboa. E penso: se eu estivesse agora em Lisboa com saudades do Porto Formoso não estaria sempre a ver A Casa da Mosca? Estaria. Quem me dera que quando estive em Lisboa já houvesse este blog para eu saber de umas notícias da freguesia. Agora imagino os emigrantes que já não vêm ao Porto Formoso há anos. Devem estar a ver o blog para saberem mais da sua terra. Por isso sinto que a minha responsabilidade é grande. Não sou nem jornalista, nem especialista em internet. Apesar disso vou tentar melhorar o blog colocando mais fotografias porque percebo que as pessoas queiram ver a sua terra e não apenas ler.
Esta idéia de haver um fotógrafo que terá a responsabilidade de disparar o botão da máquina e colocar aqui umas fotos vai ser ser engraçada. Vai ser um teste à imaginação, poderão obter-se boas fotos e todos ficarão a VER a freguesia.

Há, contudo, o reverso da medalha que são as pessoas que detestam o blog porque alguns comentadores criticam os seus actos e porque alguns comentários vieram pôr em causa o silêncio que até aí existia. Para estes não gasto uma linha deste já grande texto.
No entanto, a grande fatia dos comentários não são de críticas. Uns são de estórias deliciosas do passado, outros de observações, outros de elogios à freguesia e outros de debate aberto.

Bem, regresso agora às fotografias para dizer que o que a maioria das pessoas tem feito é VER a freguesia. É preciso MEXER a freguesia e isso é mais difícil. Sabem... quase sempre o mais difícil dá mais gozo!

OBRIGADO a todos os que visitam, lêem, comentam e colaboram com A CASA DA MOSCA. Sem vocês isto não teria durado mais do que uma semana.

Cumprimentos a todos os que conseguiram ler tudo e aos outros também.
Cavalete disse…
Caro aguia,

Não fique aborrecido com a minha observação! Não sei a sua idade, sexo, estado civil, habilitaçoes ou rendimentos mas uma coisa já pude constatar: revela uma grande convicção e coerência nos seus comentários.

Certamente é dos bloggers que mais contribui para o sucesso da casa da mosca.
Cavalete disse…
Seria interessante ter fotografias da costa do Porto Formoso tiradas do mar. E das grutas tão pouco conhecidas da população.

O Valter Carreiro (por vezes apelidado de caxeiro), que agora tem o curso de marinheiro, poderia voluntariar-se oferecendo um passeio de barco ao fotografo de serviço.

Bem, talvez seja melhor lhe pagar umas cervejinhas pela contribuição...
deus2 disse…
Há pessoas no Porto Formoso que preferiam ter partido as duas pernas do que o PSD perder a câmara da ribeira grande mas o que anconteceu foi que as pernas ficaram na mesma e o PSD perdeu.

Esta frase vem falar no mesmo assunto do blogger águia e os meus conhecimentos na nova câmara da Ribeira Grande disseram-me o que eu já suspeitava.
As obras e do salão multiusos do Porto Formoso foram feitas sem projetos para conseguir financiamentos da União Europeia nem do Governo. As coisas foram andando aos trambolhões com a câmara da ribeira grande a acrescentar uns blocos, cimento e uns trocos às suas obras e a desviá-los para as obras do salão multiusos do Porto Formoso e já se sabe que nada disso vinha no orçamento da câmara.
De repente o PS ganhou a câmara e não quer fazer mais falcatruas dessas e as facturas estão a cair em cima da comissão frabiqueira que não tem um escudo nem um cêntimo para pagar. Essa comissão deve ter pensado no ovo no cú da galinha.

O blogger águia deve ser da mesma opinião. O pior desta história é que com tantas falcatruas a obra está parada.

Agora deixo quem quizer pensar numa pergunta
"A quem é que convinha que as obras fossem feitas sem conhecimento do governo e só com a câmara a mandar uns trocos desviados?"

À nossa população não deu jeito nenhum porque as obras estão paradas, eu sei a resposta.
pimperrão disse…
E poque é que não a dizes? E já agora com nomes e tudo????
AGUIA disse…
Todos os dias de manhã, muitos funcionários da secretaria da Câmara da Ribeira Grande consultam este blog e distribuem fotocópias dos temas mais interessantes.
Não há dúvida que este vai ser distribuido pelos trabalhadores.
Para quê nomes. Os abutres são sempre os mesmos.
verdascada disse…
Também penso o mesmo, para quê nomes?
Todos sabemos quem são os abutres que estão sempre prontos a por-se onde passa o dinheiro para fazerem as coisas à sua maneira e lucrarem com isso.

Caro pimperrão penso saber a resposta do blogger deus2. Aliás penso que todos os bloggers sabem. É tão óbvio que nem vale a pena dizer.
JASRAPOSO disse…
A fim e ao cabo conhecemo-nos todos uns aos outros, mas na Casa da Mosca esse conhecimento é "falseado" pelo pseudónimo.

Há, pois, um conhecimento utilitário e outro caricatural, não sendo por isso correcto exercer sobre as entidades eleitas uma pressão intolerável.

A vida coloca as pessoas em condições de mandar ou de obedercer, de passar adiante ou de aguentar, de nos empenharmos ou fugirmos.

Devemos saber criticar aqueles que mandam com um critério mutilador e que se servem do poder como instrumento para aumentar o seu narcisismo e o lucro.

Só a crítica resistente e incansável leva a que os menos capazes abandonem a prática da mediocridade, dando lugar à competência e seriedade.
AGUIA disse…
Não há dúvidas que o Regedor está a necessitar de um(a)assistente.

Onde param as prometidas fotografias??
costaneira disse…
Concordo contigo aguia mas de preferencia uma assistente.
O Regedor disse…
Já estão postas as fotos. Com um dia de atraso.

As fotos do fotografo do mês serão colocadas em breve.

Quem tivwer fotos interessante e queira partilha-las queira enviar para acasadamosca@yahoo.com
pimperrão disse…
Caros bloguistas,

depois de ter solicitado que deus2 dissesse os nomes do(s) chupista(s) sem sucesso, fui fazer a minha própria investigação (já pareço o araponga ou o gavião).

Essa investigação revelou-me situações do mais esquisito que se possa imaginar. São de facto grandes (na devida dimensão) negócios da China, grandes falcatruas, grandes malabarismos e cambalhotas negociais...

Depois, já se estava a prever - facturas para a Câmara. Esta, e muito bem diz que não paga.

Ora, as coisas não são feitas de forma transparente e depois é nisso que dá. Alguém há-de ficar com essa dívida "às costas". Sempre por detrás das cortinas....

Apetece-me parafrasear Jorge Palma, "E assim vamos vivendo na província dos obséquios, cedendo e pactuando enquanto der."

Até que um dia isso vai ter mesmo que parar. Quando alguém for em cana.

Vamos todos denunciar esses malfeitores...
deus2 disse…
meus amigos,

essa história das facturas ainda vai dar muito que falar só que como diz o pimperrão vai ser por trás da cortina.

Ainda vai acabar tudo em cana. A ber bamos.
deus2 disse…
Espero que o fotógrafo de serviço tenha a máquina com boa pontaria porque alvos bons não faltam, basta acertar em cheio disparar que eles caem quem nem maçãs podres.
gulantina disse…
Sr fotografo leve a máquina para o jantar do grupo folclorico para tirar umas fotografias
formoso disse…
E então não há fotografias do jantar do Grupo Folclórico? Seria interessante para quem está longe!
O Regedor disse…
O fotografo de serviço pensou (tal como eu penso) que alguém pudesse levar a mal tirar fotografias sem autorização.

Pode-se argumentar que podiamos ter pedido autorização à direcção do grupo folclórico, mas mesmo que autorizassem era difícil pedir autorização às 150 pessoas que foram ao jantar para serem fotografadas.

Embora pareça algo estúpida esta justificação tem toda a lógica, visto que, muito provavelmete alguém que aparecesse na foto iria dizer: "meteram-me no blog sem me pedirem autorização!"

Há pessoas complicadas, temos de as respeitar.
deus2 disse…
caro regedor

percobo o teu ponto de vista mas o blog precisa de ainda mais fotos. Há gente que é como São Tomé só vendo acreditam.
costaneira disse…
E mais fotografias?
Nada!
gog45 disse…
Mais fotos ..... Desculpem não tou a perceber, porque não fotografam os cantos do porto tipo aqueles que parecem muito escondinhos e que em plena luz do dia são autenticos esgotos de frustrações
JAGPacheco disse…
Fotografias!

Existem críticos de arte que nunca pintaram um quadro!

Todos sabemos que as imagens enriquecem o blog. Os nossos emigrantes nunca se irão cansar de passar os olhos, pelas vistas que o Porto Formoso oferece. As fotos antigas como a “Visita de Marcelo” e “Futebol” foram dois dos pontos altos da Casa da Mosca, trata-se de memória colectiva. E as fotos dos esgotos, apesar de não terem cheiro, podem ser uma forma de alertar para certas realidades.

Mas será este Blog um programa radiofónico de discos pedidos. Teremos o direito de exigir do “Regedor” fotografias personalizadas. Já agora se não se importa um ângulo especial, com brilho ou mate!?

Dentro das minhas limitações comprometo-me a enviar, com uma regularidade mais ou menos mensal, duas fotografias antigas ou actuais para o email da Casa da Mosca.

Saudações Formosas

JAGPacheco

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha