II Festival de Folclore do Porto Formoso

entrada do grupo de folclore do porto formoso

actuação do grupo de folclore do porto formoso

Na passada noite do dia 4 de Agosto teve lugar, no campo de jogos, o II Festival de Folclore do Porto Formoso. Estiveram presentes vários grupos de folclore. Destaque para o elevado nível apresentado pelo Grupo de Folclore do Porto Formoso em comparação com os restantes grupos da ilha de São Miguel. Destaque ainda para as excelentes actuações do grupo vindo da ilha Terceira, bem como, do grupo "Rosinhas do Mondego" proveniente de Coimbra.

O público esteve presente em bom número e no final houve um momento de troca de lembranças. Para o ano já está prometida uma nova edição do festival.

Comentários

O Regedor disse…
O meu comentário será obviamente a minha opinião, mas neste caso farei também comentários a comentários que penso serem pertinentes.

No fundo a noite foi boa. Presenteamos um bom expectáculo, com 3 grupos de nível elevado (Porto Formoso, Terceira e Coimbra) e os restantes a darem o seu máximo, contudo, pareciam um grupos de nível inferior (é a opinião de um mero espectactor).

A organização pareceu-me esforçada, portanto, tudo correu dentro da normalidade, ou seja, bem. Não houve falhas de som, nem de luz, grandes "gaffes".

O público compareceu em bom número e a noite estava com tempo agradável.

Eu, tal como outros bloggers entre os quais o JAGPacheco, penso que o grupo nada tem a ganhar pela ligação à Casa do Povo.
Como já disse ao próprio presidente do Grupo de Folclore, o Grupo devia ser independente, porque tem valor próprio para se afirmar e não necessita de uma "bengala".

Assino por baixo as palavras do blogger JAGPacheco: "A Casa do Povo não representa, nenhuma “mais valia” para o Grupo de Folclore que organizado como associação poderá angariar muitos, e mais do que merecidos apoios. Sem ter de prestar vassalagem a esta, ou a qualquer outra instituição."

Também gostei da troca de lembranças no final. É um sinal de respeito mútuo e de reconhecimento.

Contudo, informo o blogger belo_dia que a Sra. Luísa Cabra não esteve presente enquanto membro da direcção da Casa do Povo, mas sim enquanto elemento fundador do Grupo Folclorico. Assim, a Casa do Povo não se fez representar por ninguém e assunto encerrado. Uma falha grave dessa instituição. Por outro lado a Junta de Freguesia esteve presente através da Secretária é certo, mas esteve presente.

A questão do "esquecimento" do nome da Junta de Fregusia do Porto Formoso no cartaz publicitário. Há quem diga que foi um erro de impressão, mas penso haver respostas a dar às seguintes perguntas:
- com tantos patrocinadores descritos o único que saíu com erro foi o da Junta de Freguesia?
- porque razão a Junta aparece em último lugar, quando todas as outras juntas foram colocadas nos lugares cimeiros?

Quando souber estas respostas, para mim, o caso fica resolvido. Até lá fica a cheirar a "esturro".

No que respeita à divulgação também acho que não foi a melhor. É a minha opinião.

Em traços gerais penso que foi uma noite bem passada e que merece ser repetida no ano que vem, sempre melhorando o que de menos bem correu.

Parabéns ao Grupo de Folclore de Porto Formoso que merece ser o grupo representante do concelho da Ribeira Grande!
deus2 disse…
Previsões para ler daqui a 3 anos. Se o Emanuel Faria não se candidatar a presidente o João Manuel Furtado vai ser candidato.
prrimprram disse…
parabéns ao grupo de folclore do porto formoso! e não à casa do povo do porto formoso.
bem hajam
JAGPacheco disse…
Para além dos bastidores!

O intercâmbio entre o Grupo de Folclore do Porto Formoso e o Rancho Folclórico Rosas do Mondego (Coimbra), levou alguns jovens do Porto Formoso a conhecer a zona centro do nosso país, durante a semana de 1 a 9 de Julho. Estas viagens são muito enriquecedoras, quer a nível pessoal, como cultural e até artístico.
Na semana que antecedeu o Festival, o Grupo de Folclore do Porto Formoso, soube retribuir e bem receber, nesta sua terra o Rancho Rosas do Mondego, valeu o empenho e o sacrifício pessoal de todos os elementos, que se portaram como verdadeiros cicerones.

Depois do II Festival de Folclore do Porto Formoso a 4 de Agosto. O Grupo, provavelmente, ainda não teve tempo para retemperar forças do emocionante serão, que nos proporcionou a todos.
Esta é a agenda da presente semana:
- 5 de Agosto, Festival de Folclore da Relva
- 8 de Agosto, Restaurante O Silva
- 9 de Agosto, Gala de Folclore de Ponta Delgada
- 10 de Agosto, Achada do Nordeste
- 11 de Agosto, Mosteiros
- 13 de Agosto, Vila de Água de Pau

Um bem hajam e Saudações Formosas!
verdascada disse…
Brincando a sério aos parêntises

Parabéns ao Grupo de Folclore (da Casa do Povo) do Porto Formoso pela agenda cheia.
JASRAPOSO disse…
O Tribunal de Contas na auditoria efectuada às Câmaras referente aos anos de 2002/3 e parte de 2004, verificou que cada funcionário falta em média, na Câmra da Ribeira Grande, 31,9 dias por ano.

Se a isto acrescentarmos as férias...

Bom seria comparar estes valores com a situação actual para ver se a actual Vereação pôs termos a estas brincadeiras
James Dean disse…
Esta média é tão alta porque qualquer tipo de falta, seja baixa médica, acidente de trabalho, qualquer tipo de ausência conta. E há bastantes funcionários nestas condições, principalmente quem está à espera da reforma, por isso é que deu aquele resultado.
Não tem nada a haver com a Vereação, porque se forem fazer a mesma coisa agora vai dar o mesmo resultado ou ainda maior.

Cumps

James Dean
sono1 disse…
Noções básicas.

Nos dias que correm a palavra grupo assume contornos relevantes na sociedade actual.
Define grupo, como sendo uma associação de certo número de pessoas que têm as mesmas tendências, gostos, fins etc. Grupo desportivo, grupo coral, grupo folclórico etc. O grupo de folclore ao longo desses anos, como aqui foi dito, tem sido capaz de congregar as pessoas em volta de um único objectivo. Ao longo desses oito anos aprendi muito, estar em contacto com varias maneiras de pensar e agir é gratificante e pedagógico chegamos a um ponto fulcral, a complexidade de um grupo. Essas varias maneiras de pensar e agir, tem que ser coordenadas pelo LIDER. Há vários tipos de líderes, líder político, líder religioso, líderes desportivos, etc.
Para ser líder à que ter postura de liderança, e esta é uma qualidade ou função de
um líder é um fenómeno indispensável na vida de um grupo.
Nos grupos primários a liderança é paternal; o sacerdote o professor; vem depois a do líder criador ou carismático, a do organizador etc.
No grupo de folclore do Porto Formoso o seu líder enquadra-se no organizador.
Quanto a mim ele neste momento é a chave do sucesso deste grupo, não excluído os restantes elementos da direcção.

Com um forte abraço.
Investigador disse…
Se o sucesso do grupo deve-se ao seu líder..quero felicitar o sr. David Mendonça! Parabéns!
Investigador disse…
Caro sono 1!

Como pertences ao grupo, poderias comentar o erro registado no cartaz publicitário ao não referir o apoio da junta de freguesia.
Quem foi o responsável pela elaboração do cartaz? O seu líder?
Galarias disse…
o erro dos cartazes foi o seguinte a Junta de Freguesia primeiro disse ao grupo folclore que não tinha verbas , depois dos cartazes feitos entendeu colaborar com uma fraquinha esmolinha, como a esmolinha não dava para fazer novos cartazes resolveram aquela emenda

Adeus
Investigador disse…
Caro Galarias!

O teu comentário está tão pobrezinho e tão à psd!
Andas muito mal informado! Tens de trabalhar primeiro!
Segundo o que apurei..foi uma jogada de primeira! Existem alguns senhores escondidos a controlar actividades alheias!
belo_dia disse…
AMIGO INVESTIGADOR
andei a investigar e afinal o erro do cartaz deve-se unica e exclusivamente à tipografia que o efectuou, posso estar enganada, mas em breve a junta irá receber um pedido de desculpa por parte da empresa (se é que já naõ o recebeu.
Investigador disse…
Caro belo dia!

Uma vez que a jogada politica é de baixo nivel, aposto que a tipografia também está metida na estratégia!
verdascada disse…
Volto a repetir: parabéns ao Grupo Folclorico!

O erro do cartaz... Ohhh meus amigozzzz... não havia necessidade!

Amigo Galarias,

a sua justificação não explica quase nada porque a junta pode ter dado uma "esmolinha" mas também cedeu o campo de futebol, cortou as ervas e limpou campo e ofereceu a conta da luz!

Mesmo que a Junta não desse dinheiro tinha de aparecer no Cartaz.

Amiga belo_dia,
desculpe que diga: não sou ingénuo ao ponto de acreditar que foi um erro da empresa de tipografia. Com tantas palavras o erro calhou logo na Junta!!! Grande coincidência.

O Sr. Presidente da direcção do grupo é um belo rapaz, honesto e tem trabalhado bem, mas não se consegue libertar do SISTEMA!!
O SISTEMA é muito forte e ele está amarrado pés e mãos.

Good bye

PS. SISTEMA = conjunto de entidades ou pessoas que fazem pressão para condicionar os comportamentos de outra pessoa.
gnussen disse…
Boa noite!, há por aqui neste Blog gente que se deve rever no célebre Hercule Poirot.
Desta forma o Porto Formoso mais parece uma freguesia das redondezas de turim. As investigações prosseguem à velocidade da Coscuvilhice...bora lá!Vamos dar sentido às coisas, nada de protagonismo "nickeiro"!Um abraço Raposo!Gostei da transcrição.
gnussen disse…
Estava a brincar! É bom que haja investigadores no Porto Formoso...viva ao folclore do Porto Formoso.
AGUIA disse…
Embriagados pelo Areal de Santa Bárbara e Piscinas Municipais os membros da Câmara deixaram(?) de frequentar a Praia dos Moinhos.
Se o fizessem verificavam que há vacas a pastar no pasto adjacente ao parque de estacionamente, juntamente com pessoas a acampar.
Se cortasem aquela erva nada disso acontecia.
Quanto é que a Câmara passará a ter a devida atenção ao Porto Formoso??
Investigador disse…
Caríssimo Aguia!

A Câmara irá dar a devida atenção na altura de vésperas de eleições!

O presidente da câmara está a descer na minha consideração!

Não fazemos parte da envolvente da cidade da ribeira grande nem temos o número de habitantes que Rabo de Peixe tem!

É de lamentar!
AGUIA disse…
Sensibilizados pelas notícias recebidas dos Açores, aquando da crise sísmica do ano passado, um grupo de emigrantes da costa Leste dos E.U.A., oriundos da n/ freguesia, ressolveu fazer um jantar para angariar fundos destinados a recuperar os danos causados na Igreja do Porto Formoso.
Este jantar teve lugar no início do segundo trimestre deste ano, tendo sido enviado de imediato o valor do peditório para a Igreja. Só hoje é que o Padre informou os paroquianos do montante recebido.
Foram cerca de 5.000 dollars.
Como habitante do Porto Formoso fico contente com este gesto.
Continua a haver gente que, mesmo longe, tem honra na sua terra.
JASRAPOSO disse…
Há muitas pessoas que têm colocado em causa as águas da Praia dos Moinhos.
A situação é mais grave quando estas afirmações são feitas por responsáveis políticos na comunicação social, principalmente escrita.
Aconselhamos estas pessoas a lerem o que está escrito sobre esta matéria num placard à entrada da praia, junto aos balneários.
jo providence disse…
Fiquei muito contente com a actuação do grupo folclório de Porto formoso e fiquei a saber que o grupo da ribeira grande é uma grande bosta, you know!!! Eu estar embarcado e espero ver o nosso grupo novamente com muita força maybe pro ano.
jo providence disse…
Fiquei muito contente com a actuação do grupo folclório de Porto formoso e fiquei a saber que o grupo da ribeira grande é uma grande bosta, you know!!! Eu estar embarcado e espero ver o nosso grupo novamente com muita força maybe pro ano.
jo providence disse…
Fiquei muito contente com a actuação do grupo folclório de Porto formoso e fiquei a saber que o grupo da ribeira grande é uma grande bosta, you know!!! Eu estar embarcado e espero ver o nosso grupo novamente com muita força maybe pro ano.

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha