Bolsa de Turismo de Lisboa

vista geral do pavilhão dos Açores
vitrine com o Chá Porto Formoso
Praia dos Moinhos

A BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa é a maior feira nacional de turismo, com muitos países estrangeiros a fazerem-se representar. Com os seus 18 anos de existência é o local todos os profissionais de turismo vão para dinamizar o seu negócio, confraternizar e lançar as suas novidades.
Em 2004, da última vez que visitei a BTL, o Porto Formoso estava em grande, com a foto clássica da costa norte tirada do "nosso" miradouro de Santa Iria.
Não são todas as freguesias que têm o direito a aparecer na BTL. Estar lá significa pertencer ao grupo de locais que têm grande potencial turístico.
Este ano aparece o Chá Porto Formoso (com panfletos, pacotes de chá e vídeo) e a Praia do Moinhos (colocada por baixo do Jardim do Paraíso porque seria um insulto à Ribeira Grande que o seu magnífico jardim cheio de pirilampos ficasse por baixo de uma freguesia).
O futuro do Porto Formoso estará ligado ao turismo... só não se sabe é quando chega.

Comentários

Caros bloggers,
de facto a BTL é a maior feira nacional sob a epígrafe do TURISMO.

Parece que é da mais elementar justiça, visto que os Açores têm essencialmente natureza a oferecer, que a praia dos Moinhos apareça na BTL como um dos ex libris da nossa região.

No entanto, se nos ficarmos unicamente pelo apareceimento na BTL, ainda que seja importante, penso que não será suficiente, para promover economicamente a nossa frequesia.

Há que apostar em políticas activas de turismo, a começar pela CMRG, que ainda está muito aquém nesta matéria...

Um bem haja a todos
H. Blayer disse…
Há coisas que me fazem uma certa confusão e uma delas é esta: como é que se promove numa feira de turismo internacional conceituada como a BTL, uma praia onde vão desaguar esgotos e que por isso não tem (nem vai ter, enquanto os esgotos lá estiverem) qualidade de água para ter bandeira azul?
Isto para mim é no mínimo contraditório.
Cavalete disse…
Dado o potencial turistico do Porto Formoso, ja se justificava o site www.portoformoso.com.

Um site moderno, com informacao relativa a cultura, historia, festevidades...

Pelos vistos a junta nao conta avancar com esta ideia. Mas esta poderia ser aproveitada por outras organizacoes civicas do Porto Formoso, como o grupo de jovens, grupo folclore ou mesmo por particulares com alguma disponibilidade para tal.

O site ate poderia dar algum dinheiro. Dada a dimensao da nossa comunidade emigrante, tenho a certeza que um sistema de downloads de videos mediante subscricao seria rentavel. Por 5 euros, os nossos emigrantes poderiam ter um video completo da festa da NSG, S. Joao ou Espirito Santo.

Ou pagar para ver um video sobre "um dia no mar com os pescadores"...
Cavalete disse…
Esta semana mais tres familias carenciadas do Porto Formoso foram contempladas com novas moradias. Mas um passo na convergencia social!
JASRAPOSO disse…
Governo realojou três famílias no Porto Formoso
A construção destas moradias, de tipologia T3 e T4 e situadas no Loteamento do Porto Formoso, representou um investimento regional de cerca 162 mil euros.
O director Regional da Habitação, José Olivério Ponte, entregou, quarta-feira, as chaves de três moradias destinadas a famílias carenciadas da freguesia do Porto Formoso, concelho da Ribeira Grande.
Integrados no programa de realojamentos, os agregados familiares pagarão uma renda mensal tendo em conta os seus rendimentos e de acordo com a política de arrendamento social levada a cabo pelo executivo.
O Regedor disse…
Caro H Blayer,

facto número 1: a praia tem esgotos a desaguar na ribeira. Está lá para quem quiser ver.

facto número 2: por incrível que pareça, as análises à água da praia dos moinhos durante o verão de 2007 deram todas resultado "Boa". Esteve afixado à entrada da praia para quem quisesse ver.

O que se passa para a CM Ribeira Grande não investir na Praia dos Moinhos (balneários, fazer uma fossa, acessos, limpeza, etc)?
Porque razão esta Câmara não fez a candidatura da praia dos moinhos à bandeira azul em 2006?

O que falta, realmente, é investimento da Câmara da Ribeira Grande na melhor praia da costa norte da ilha de São Miguel. Como penso que o Sr. presidente e os srs. vereadores conheçam a praia, embora não a frequentem (com a exepção da Sra. vereadora), não percebo esta falta de interesse.


PS. em 2005, segundo fonte oficial (APBAE - associação portuguesa da bandeira azul da europa) a praia estava em condições de receber a bandeira não fosse ter havido umas obras ilegais detectadas na última vistoria. É a versão oficial...
Em 2006, a CMRG não realizou candidatura, mas candidatou os poços das Calhetas de Rabo de Peixe.
JASRAPOSO disse…
A sociedade moderna, cada vez mais condicionada pela economia global, não se compadece com a incompetência e o amadorismo.

Na economia como na política, os líderes têm de tomar decisões. Os problemas não podem ser ignorados ou adiasdos; é da responsabilidade dos gestões resolvê-los.

A BLT não deverá constituir uma feira de vaidades, por isso urge perguntar:

- Que contactos foram feitos para atrair turismo ao Concelho?
- Temos condições para receber quem nos visita?

Seria bom que estas perguntas tivessem uma resposta positiva.

Convém ainda referir que o desenvolvimento do turismo é uma responsabilidade de todos e não só da autarquia. Há que mudar muitos comportamentos o mais depressa possível de modo a reduzir a incerteza na aposta que o Governo Regional fez nesta área.
JASRAPOSO disse…
À partida os blogues não têm de ser objectivos. Devem fazer-se eco de opiniões bem firmes, ser mordazes e não estar com paninhos quentes ? o que está longe da atitude habitual adoptada pelos principais ?media?. O blogue é uma espécie muito diferente."

Jane Kirtley, prof. de deontologia e direito dos media na Universidade do Minesota, no Courrier Internacional.
sono1 disse…
Um dia de verão.

Encontro-me na R.Grande, e ando á procura do posto de turismo. Eis que encontro, e pergunte a uma das meninas do OTL, os possíveis locais a visitar na costa norte da lha. Muito gentilmente a menina explica, de entre os muitos locais, poderei ver as únicas plantações de chá na Europa, Gorreana e Porto Formoso.
Ao sair do posto de turismo, deparo-me com um placar electrónico, junto ao jardim. Explica-me um senhor de certa idade, que a maioria das imagens, do placar são da freguesia do Porto Formoso. Aquilo é a praia dos moinhos, o porto de pescas, a igreja de Nossa Senhora da Graça, o chá, o miradouro de Santa Iria.
Todo entusiasmado com a beleza das imagens parto á procura do local.
Encontro um dos miradouros mais bonitos da ilha, onde é possível observar a costa norte da ilha.
São doze horas. Em direcção à praia encontro um marco (pedra pontiaguda). Curioso, pergunte ao taxista, a que se refere. Diz-me, que foi para assinalar uma batalha, que ficou celebrizada como a batalha da Ladeira da Velha. Lastimável. Está ao abandono! Estou na praia dos moinhos. Após o banho nas águas refrescantes da praia decido tomar duche. Onde? Nos duches improvisados?
Satisfeito com a beleza da praia, insatisfeito com as infra-estruturas existentes, parto em direcção à igreja. Decido entrar, porta fechada! Dizem-me que é por causa dos roubos.
Desço até ao jardim para tirar uma foto ao porto de pescas. Fico com a impressão de ser um porto”primitivo”. Castelo em ruínas!
São catorze horas e a fome aperta.
Pergunte a um senhor a onde comer. No Amaral ou no Jorge.
Após o almoço (garoupa grelhada com batatas escoadas), parto á procura do chá. Diz o guia que é diurético, ajuda na digestão. Vem mesmo a “calhar”. Encontro um produto típico do local onde me encontro!
Como gosto de andar a pé, pergunte ao guia, se tem conhecimento de algum percurso pedestre federado existente.
Diz-me que já ouviu falar, mas que por enquanto não existe nenhum.
Regresso à R. Grande com a certeza de estar num dos locais mais bonitos do concelho, mas onde falta investimento, que catapulte o Porto Formoso como destino obrigatório.
Com um forte abraço.
JASRAPOSO disse…
O trilho do Porto Formoso vai ser percorrido pelos AMIGOS DOS AÇORES no próximo dia 17 do corrente.
AGUIA disse…
Fiquei perplexa ao ler ontem a última página do jornal "Mensal Açores".
Aquele jornal informa que há uma série de funcionários camarários a boicotar a actividade da Câmara presidida pelo dr. Ricardo Silva.
Esse boicoto começa por alguns chefes e a razão prende-se com o facto de estarem a ser obrigados a trabalhar.
Vamos apoiar o dr. Ricardo Silva na sua luta contra esses vermes preguiçosos. Só assim é que o nosso concelho poderá avançar.
É justo dizer que os funcionários da Câmara que prestam serviço no POrto Formposo são honestos e zelosos. Valha-nos isso
carruncho disse…
È muito triste ouvir estes cometários. E eu e muitos na privada quando ouvimos que Portugal é um pais com pouca produtividade ficamos " loucos ", porque damos duro 40 horas por semana e estes " malandros " trabalham 35 horas com muitas regalias e outras coisas mais, só porque lhe pedem para executar as suas tarefas, ficam logo todos ofendidos, e a dificultar a vida a quem quer trabalhar. Por isso volto a frisar as entidades publicas deviam ser privadas, com tratamento de privado ai sim iam ver como era bom.
Um bom domingo para todos.
Deviam era ir pra ponte espantar praga como eu fui muitas vezes e meus irmaos.e mondar amendoins xiiiiiiii tenho saudades destes tempos de criança no porto formoso

Mensagens populares deste blogue

Águas Medicinais da Ladeira da Velha

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?