« Home | Repavimentação da Estrada Regional » | Piquenique no Monte Escuro » | Verão no Outono » | Notícias no Açoriano Oriental » | Interesses económicos Vs interesses ambientais e p... » | Câmara reune no Porto Formoso » | Rego D'Água » | O que significa para si o Porto Formoso? » | Retratos » | Desporto e Cultura »

Águas Medicinais da Ladeira da Velha

A nascente termal da Ladeira da Velha , actualmente esquecida por quase todos, foi durante o século XIX e início do século XX alvo de vários estudos e artigos publicados devido à fama que as suas águas tinham no tratamento de reumatismo, lepra e doenças da pele.

Consta que o químico alemão Albretch Welhauser analisou a água e chegou a enviá-la para os "estudos especiais" da célebre madame Curie (prémio nobel da física e da química).

Segue-se um excerto do Relatório das Águas Medicinais da Ladeira da Velha publicado por Dr. Jacinto Botelho Arruda e Dr. António da Silva Cabral em 1911.
Segue-se outro excerto, desta vez retirado do Inventário das Águas Medicinais da Ilha de São Miguel de 1941.



Esta foto remonta ao ano de 1941. Como o balneário era perto do mar e de Inverno a água chegava até à encosta, foi feita uma cobertura de forma a que as ondas passagem por cima da estrutura que se encontrava embutida entre as rochas. Hoje em dia a cobertura já não existe. Há apenas as quatro paredes cheias até cima com água termal.

Em próximos posts colocarei excertos de algumas histórias de pessoas que se trataram na Ladeira da Velha e lá para o ano uma foto do que resta dos balneários.

Aqui está um tema que merece uma reflexão por parte das entidades competentes, que muito pouco ligam ao Porto Formoso.
Costumo frequentar estes banhos que estão num estado lastimável, apesar da Junta de Freguesia ter limpo este ano o acesso ao local.

Seria interessante a nova telenovela da TVI "Ilha dos Amores" incluir filmagens no Porto Formoso. Seria uma excelente forma de promocao turistica.

Desde ja, parabens ao regedor pelo bom trabalho de investigacao aqui desenvolvido! Este post faz lembrar as reportagens do Canal Historia. Nota 17 para o regedor!!

Segue abaixo uma noticia do AO sobre o Parque Tematico da Maia. Nao sabia que a Maia tinha um "Parque Tematico". Ha uns tempos atras li um comentario do JAGPacheco sobre este "suposto" Parque Tematico... afinal, a populacao da Maia sempre sabe "puxar a braza a sua sardinha".

O Parque tematico preve, entre outras coisas, sugestao de visitas a alguns locais turisticos do Porto Formoso, entre os quais a moradia do sapateiro e as termas.


"Maia quer entrar no circuito turístico com rota das culturas
12-12-2006
por paula gouveia

O Parque Temático da Maia, gerido pela Santa Casa de Misericórdia da Maia, está a implementar um projecto para promoção turística da zona oriental do Concelho da Ribeira Grande e dinamização cultural e económica da comunidade da Maia e Freguesias vizinhas.
“A ideia é desviar o turismo que vai directo às Furnas e trazê-lo à zona Oriental do concelho”, explica Patrícia Pereira, socióloga do Parque, para seguir a Rota das Culturas Agro-Industrais - quatro circuitos temáticos, criados pelo Gabinete de Desenvolvimento Local da Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia, inspirados nas actividades económicas que tiveram (ou têm) grande importância para a zona.

O ponto de partida é o Centro de Interpretação, instalado num dos Pavilhões da Fábrica de Tabaco da Maia (em recuperação), onde haverá uma exposição permanente sobre as infraestruturas e actividades que se poderão testemunhar em cada circuito. E, depois, o visitante terá à sua disposição o percurso do tabaco, o percurso do milho, o percurso do chá e o percurso do linho.

O percurso sobre a cultura do tabaco inicia-se no Museu do Tabaco, situado na Fábrica, e prossegue pelas paisagens e espaços de cultivo. O percurso do linho também começa num dos pavilhões da Fábrica do Tabaco, numa oficina de Artes e Ofícios, onde se pode testemunhar os processos de cultivo do linho, e prossegue na Lombinha da Maia, com uma visita ao atelier “O Linho”, de Lurdes Lindo, terminando na Lomba da Maia, no atelier “Nova Esperança”.

O circuito do chá, por sua vez, traduz-se numa visita às duas Fábricas de Chá - Gorreana e Porto Formoso - situadas ambas na zona oriental do concelho.

Por último, o percurso do milho propõe uma visita aos moinhos de água da Viola, “Calhambazes”, Porto Formoso e Ribeira Funda, onde o visitante é confrontado com a importância das ribeiras como força motriz; e termina na Casa do Milho da Lombinha da Maia, onde poderá provar e comprar o pão cozinhado em forno de lenha.

O Parque Temático da Maia sugere ainda aos visitantes passeios pelos miradouros, praias, portos de pesca da zona, pelas Termas da Ladeira Velha, pela Granja de José do Canto e Casa do Sapateiro, no Porto Formoso, e a mercearia de António Rebelo (de 1936), na Lomba da Maia.

“Nós fizemos um levantamento de todos os pólos que poderiam integrar a rota turística”, explica Patrícia Pereira, e “tentámos descentralizar para que todas as freguesias tivessem um local de visita”. Mas há ainda locais de interesse que o Parque Temático tenciona recuperar e outros temas que pretende introduzir na Rota (como o mar).

Brevemente, serão assinados protocolos com privados que possuem locais de interesse para visitas."

Parabéns ao Sr Regedor pelo post.

O Porto Formoso tem um patrimonio rico mas as pessoas não dão valor e deixam as coisas descairem.

As termas das furnas estiveram abandonadas durante anos e agora estao a construir um hotel termal, pode ser que um dia abram os olhos e aproveitem a ladeira da velha não digo para um hotel mas pelo manter o caminho em condições e tirar as pedras de dentro do tanque. É o minimo, mas ninguem se importa.

Adeus

Muitos Parabéns ao regedor pela brilhante investigação etnográfica.
Gostaria, embora não sendo do âmbito deste post, de deixar aqui escrita a notícia do caso Daniel (Criança vítima de abusos sexuais)!!! NOTE-SE a causa de morte desta criança!
Caso Daniel: Ex-companheiro condenado a 12 anos de prisão

"O Tribunal de Oeiras condenou hoje a 12 anos de prisão por abuso sexual de crianças continuado e agravado o ex-companheiro da mãe de Daniel, um menino de seis anos surdo-mudo e amblíope encontrado morto em casa em Setembro de 2005.
O colectivo de juízes absolveu no entanto a mãe do menor, que estava acusada de maus-tratos e negligência por considerar que não ficou provado que soubesse dos abusos que foram infligidos a Daniel pelo seu companheiro, Fábio Cardoso.

O tribunal deu como provado que os abusos sexuais praticados por Fábio foram a causa da morte do menor, provocando-lhe uma peritonite aguda de que veio a falecer.

A criança, de seis anos, foi encontrada morta em Setembro de 2005 na sua casa de Caxias, onde a mãe vivia com Fábio.

Diário Digital / Lusa

13-12-2006 11:59:59"

Para quem não saiba, a peritonite é uma infecção grave da cavidade abdominal e, neste caso concreto, provavelmente devido ao contacto das fezes com esta cavidade abdominal!!! A questão é: o que provocou a ruptura do intestino desta criança surda muda de 12 anos?
Será que doze anos de prisão serão suficientes!!!????

Este é sem duvida um excelente trabalho de pesquisa e recolha!
Não é fácil recuperar documentos como estes, antigos, com bastante conteúdo histórico e onde poderemos verificar a evolução ortográfica que sofreu a língua portuguesa ao longo dos anos!
O Porto Formoso é uma freguesia com enormes potencialidades, embora esta, dos banhos da ladeira, haja muito pouco a fazer, melhorar as difíceis condições de acesso pedonal.
Sem acessibilidades não é possível melhorar as poucas condições existentes.

Parabéns ao regedor pelo excelente trabalho apresentado, aqui no seu blog!
Com um forte abraço.

O semanario Expresso das Nove tambem esta interessado em fazer uma reportagem sobre o centro multiusos.

Na Ribeira Chã corre um abaixo-assinado a pedir ao sr. Bispo que o padre Francisco fique naquela freguesia.
No Porto Formoso as ex-influenciadoras almas da paróquia tudo fizeram para correr com aquele padre desta freguesia.
Parece ser diferente o espírito cristã entre as duas freguesias.

A Comissão de Acompanhamento dos Percursos Pedestres aprovou na última 2ª feira o percurso do Porto Formoso.

Agora a Câmara terá de proceder à respectiva limpeza e sinalização.

Entretanto, os Amigos dos Açores, no seu Plano de Actividades de 2007, já vão incluir este percurso.

O percurso do Porto Formoso terá lugar no dia 17 de Fevereiro com concentração na Ribeira Grande às 9H45m e no Porto Formoso, junto à Igreja às 10H15M.

Está de parabéns por este belo artigo

O Regedor não é previsível, yooh!

Naturalmente este título é um elogio ao Regedor. E surge na sequência da leitura de um artigo desta semana do A. O. sobre a Blogosfera Açoriana. Resumidamente, o artigo afirma que os Blogs dos Açores e respectivos comentários não são surpreendentes, provavelmente, porque surgem de sectores da sociedade comprometidos com determinadas tendências politicas …

Tendo cada Blog “algo de pessoal”, não devíamos esquecer o significado da palavra “Regedor”.
Os comentadores são apenas hospedes, desta “Casa da Mosca” que gentilmente nos acolhe.
Esta iniciativa pioneira do Regedor, já ganhou o respeito e o carinho de muitos emigrantes espalhados pelo mundo, com as fotografias que fazem a nossa história.
No entanto, o Regedor não deixa de abordar e envolver-se pessoalmente, em temas actuais como o Percurso Pedestre. Projecto que ficamos muito satisfeitos, por saber que vai chegar a bom Porto!

Bem-haja e Saudações Formosas!

É um autêntico atentado passar junto à Igreja e continuar a ver um vidro partido e a entrar água das chuvas para a sacristia.
Não haverá um carpinteiro capaz de colocar ali um vidro?
Também verifiquei que uma janela da Casa do Povo tem um vidro partido.
Só falta a Junta de Freguesia e Escola terem os seus vidros partidos para a bagunça ser completa no Porto Formoso.
Que falta de cuidado e de desprezo por aquilo que é de todos nós!!!

Os dedicados deputados municipais aprovaram o Plano e Orçamento da Câmara da Ribeira Grande, no passado dia 12, segundo se lê no site daquela autarquia.
Com é que vai ser lançada a acta no site. A última acta que lá está é de 20 de Junho passado!!

Água vai!

As termas da Ladeira da Velha, são para todos nós motivo de orgulho!

Mas, a cena “medieval” de senhoras com espartilho, sentadas de lado, a descer de burro aquela vereda … até porque já não existe a mata!
Em termos cénicos, a mata era maravilhosa e, aquela sombra agradável suavizava a difícil subida!

A ruína não foi só motivada pela acessibilidade, pois as termas da Ferraria nos Mosteiros, hoje em dia, até se pode chegar lá de Ferrari e estão fechadas. Nas Caldeiras da Ribeira Grande o projecto comunitário PETAR, considerava as termas um projecto âncora, mas passados alguns anos, as termas continuam no fundo!

Provavelmente os avanços da “medicina convencional” terão sido a principal causa do desaparecimento destas infra-estruturas. Na época vistas como locais de cura. Hoje, como potenciais SPA, locais onde se promove o relaxamento e bem-estar físico, através do elemento água.

Num dos textos (centenário) fala-se num elevador, provavelmente inspirado no “Bom Jesus de Braga”.
Na Madeira existe um moderno elevador em condições muito semelhantes á Ladeira da velha, na chamada “Fajã do Padres”. Lá em baixo em vez de água minero-medicinal, apenas plantações de banana e abacateiros. E claro, um belíssimo restaurante.

A água também poderia ser, facilmente, bombeada na vertical. E o SPA ser construído no alto da pastagem localizada à esquerda da estrada Regional (quem vem do miradouro) no entroncamento com o caminho da Ladeira da Velha!?

Mas, os projectos turísticos têm de ser exequíveis e rentáveis!

Sinceramente, gosto mais da ideia de voltar descer a vereda, ao fim de tarde. E submerso naquele tanque de cimento e borbulhas, acreditar a céu aberto, em todas as propriedades terapêuticas da água da Ladeira da Velha. Sem esquecer, de pensar no jantar … uma belíssima sopa de caranguejo!

Saudações Formosas!

Os maus políticos desconhecem quase sempre o que se passa no seu círculo eleitoral. Para não se chatearem falam vezes sem conta, mas apenas com os seus "subordinados", acabando por ficar isolados e desinformados.

Aqueles sebordinados (algumas vezes autênticos bufos), no sentido de continuarem a manter os seus tachos, transmitem ao político superior uma informação filtrada e manipulada de modo a satisfazer o seu ego e nunca no sentido de servir os eleitores

Perante este "feedback" o político pensa que tudo vai bem e a final é o que se vê...

Os bons políticos não se limitam às visitas oficiais para serem divulgadas pela comunicação social, vão aos locais de surpresa para poderem constactar a realidade. Esses políticos sabem quebrar as barreiras e criar a confiança entre as pessoas e procuram ouvir pelos seus próprios ouvidos.

Se tivessemos tido políticos no terreno talvez os banhos da Ladeira da Velha não tivessem chegado a este estado miserável que a todos nos envergonha.

Blogger Aguia

Como ja foi referido aqui neste blog montes de vezes, as Actas da Assembleia Municipal so sao aprovadas na reuniao seguinte. Nao sei se sabes mas no dia 19 de Dezembro vai haver uma reuniao extraordinaria, na qual sera aprovada a Acta da reuniao do dia 12, so depois e que a acta pode ficar online no site da Camara.
Compreendeste agora ou vai ser preciso repetir mais alguma vez.

Cumps

James Dean

P.S. - A Acta de Setembro so foi aprovada no dia 12 de Dezembro.

Mas o que é mais triste de constatar e que em 4 das reunioes da Assembleia Municipal o Dig. Presidente da Junta do Porto Formoso so compareceu a uma...
Agora percebo a preocupacao com as actas... Pois nao apareces e queres saber o que se passou...

Cumps

James Dean

Queria agradecer as palavras do blogger JAGPacheco, mas é justo acrescentar que os comentadores não são apenas hóspedes. São os comentadores desta casa - como o JAGPacheco - que fazem com que este blog seja interessante.

Quanto à Ladeira da Velha:

sejamos realistas... muito dificilmente se conseguirá fazer algum investimento turistico naquela zona, nem que seja devido à encosta íngreme.
Contudo, não custa nada manter o atalho em condições de passagem, todos os anos tirar as pedras de dentro do tanque e pôr cimento nas zonas que o mar destroí.

Bastava isso para uma boa tarde de mergulhos e relaxamento em águas termais com o mar como companhia e umas lapas apanhadas na hora!

Já agora: no artigo, além da nascente de água termal que todos conhecemos, é descrita uma nascente de água natural a meio da enconsta e uma nascente de água férrea! Não sei onde ficam!

Quando lá voltar vou à procura a ver ser as encontro. Alguém sabe?

Cumprimentos

Tenho de fazer uma visita a este local para tirar umas fotos, agora estou curioso.

O carro de mão.

Sr. Regedor, era frequente a quarenta anos atrás, ver pessoas a puxar carros de mão com grades, com as rodas feitas em madeira, carregados com lenha, milho,”bogangos” entre outros produtos. Provinham de muitos locais produtivos da nossa terra. Do estoureiro, do chá das Pachecas, onde também havia uma nascente de agua férrea.
Episódios reais, do semi-eixo a desprende-se do carro, e a rolar por terras a baixo, para desespero do puxador, e para umas boas gargalhadas à distância das”bocas ruins”, eram frequentes nos atalhos da nossa freguesia. Eram à distância, porque as maçarocas de milho poderiam fazer moça!
A mesma pessoa deste episodio, informou-me que havia um senhor da Gorreana , uma vez por semana, vinha buscar agua férrea à nascente que referiu da ladeira da velha, terrenos cuidados por uma pessoa da nossa terra, o falecido senhor José furtado.

Com um forte abraço.

Boas

Hoje visitei este local pela 1ª vez. O trilho está em muito más condições e muito perigoso.
Estive lá em baixo mais uns amigos e fizemos uma mini limpeza ao local mas sem o material necessário é muito difícil. mas ainda bem que este blog está aqui porque fiquei muito curioso e assim fico a conhecer a história.
E porque não fomentar este trilho à autoridades competentes??? é um trilho muiot bonito

Enviar um comentário

Locations of visitors to this page