Repavimentação da Estrada Regional


Curva do bebedouro


Curva da Casa do Galo

A pressão exercida pela sociedade civil (orgãos de comunicação social, abaixo-assinado, blogs, etc.) sobre o Governo Regional alertando para o mau estado da Estrada Regional - troço da Ribeira Grande/Nordeste - começou a dar resultados!
Cerca de 1 kilómetro de estrada na zona da Casa do Galo foi repavimentado e estão a ser feitas obras de escoamento de água junto às pontes.
Quem vai para o Porto Formoso e passa naquele novo "tapete" parece que mudou de estrada.
Agora, todos ficamos à espera que não seja só 1 kilómetro...

Comentários

sono1 disse…
Na sequência do ano anterior, o grupo de jovens de Nossa Senhora da Graça irá organizar a sua actividade de Natal. O pai natal do grupo de jovens, no dia 24 de Dezembro irá distribuir prendas pelas crianças da freguesia. Para que tal aconteça é necessário entregar aos sábados as suas prendas no centro pastoral e social, com nome e morada, das 19 horas ás 20horas.
O ano passado esta actividade superou as expectativas, para delírio das crianças.
Qualquer, pessoa que estiver interessada em oferecer uma prenda a um amigo ou familiar, também o pode fazer.

Com um forte abraço jovem.
costaneira disse…
Caro amigo sono1 perante esse seu comentario é de eligiar o grupo de jovens da nossa terra.
Na minha opinião acho que e uma iniciativa de ser repetida todos os anos basta a colaboração das pessoas em entregar as ditas ofertas.
Um bem haja
Cavalete disse…
O Cristiano Ronaldo ja e considerado o melhor jogador da primeira metade da liga inglesa, edicao 06/07.

Depois de ter contribuido para a expulsao do Rooney (maior estrela inglesa da actualidade) e de ter marcado o penalty que afastou a Inglaterra do mundial, so faltava mesmo um "show de bola" todos os fins de semana.

Quem manda no futebol ingles e sem duvida o Mourinho e o Ronaldo! Nos programas desportivos, as audiencias atingem o seu pico quando o Mourinho faz um comentario ao jogo.
deus2 disse…
A estrada está cheia de buracos. Os carros novos ficam todos partidos e prontos para levar amortecedores novos num ano.

~Sr Regedor, não é 1000 metros que fazem esquecer o resto da estrada.

Os caminhos de lavradores estão melhores.

Adeus
JAGPacheco disse…
Maldita Estrada!
Que me perdoe o Regedor, por lhe ter roubado o título do Post. Nunca se saberá aliás, se terá tido alguma influência na “obra” agora em andamento. O que tenho a certeza é que, na época, o Post foi lido pelos Quadros Intermédios da Secretaria que tutela as Vias de Comunicação.

Não vou comentar nem qualidade do tapete betuminoso, nem o ritmo das obras, que à primeira vista me parecem bons!

Da “maldição” que a estrada é vitima, também fazem parte: Os roubos de plantas, recém plantadas, nas bermas e sobras de estrada; A apanha de flores para os tapetes das procissões, quando basta andar um pouco e colhe-las nas bordaduras das pastagens; O lixo atirado pela janela do carro ou abandonado após o piquenique; E nesta época de paz e harmonia, as “leivas” para o presépio, que deixam as marcas nos taludes.

Para continuarmos a ter uma estrada emblemática que a todos nos orgulha. Temos também de saber respeitá-la e contribuir para o esforço daqueles que zelam pela sua manutenção!

Saudações Formosas!
AGUIA disse…
Os políticos dizem que a actividade piscatória é muito rentável e por isso algumas pessoas do Porto Formoso investiram em novas embarcações e reevidicam uma rampa de varagem junto do Governo Regional e através da comunicação social escrita.
A realidade do Porto Formoso parece um pouco diferente. Duas das embarcações novas parece que não têm pessoal para as operar o que fez com que um dos seus proprietários tenha tido necessidade de emigrar para resolver o pagamento da do seu barco. O outro barco, segundo consta, está em vias de ser vendido.
Valerá a pena o Governo Regional investir nesta actividade no Porto Formoso?
Quem souber que responda.
AGUIA disse…
O Gabinete da Câmara da Ribeira Grande já se dignou publicar mais dias actas, uma da Vereação e outra da Assembleia.
pregalheefoge disse…
amigo aguia,

já estavam publicadas a já algum tempo, pelos vistos já pagaram horas extras...
JAGPacheco disse…
O ovo ou a galinha!
1 Devido às más condições de trabalho alguns marítimos do Porto Formoso, estão a abandonar a sua actividade.

2 Porque alguns pescadores do Porto Formoso estão a abandonar a actividade, o Governo Regional, não deve melhorar as condições de operacionalidade do Porto.

O poder instalado e quem tem responsabilidades na matéria, prefere a segunda hipótese. O investimento é zero e não se mexe uma palha!

Mas o mais preocupante de facto é ser pouco aliciante para um jovem, iniciar-se no mundo do trabalho como pescador, porque não existem no Porto Formoso as condições mínimas, para se exercer a faina da pesca!
sono1 disse…
Musica maestro!

O porto dos meus encantos
A terra dos pescadores
Onde tão lindas moças
Rendem culto aos seus amores
E na hora da largada quando os barcos vão para o mar
Ficam as mulheres na praia
De mãos postas a rezar.

Esta letra, reflecte, o quão grande risco que envolve esta tão digna profissão, ser pescador!
Assistimos a chegadas dramáticas destes aventureiros do mar ao nosso porto!
Estes episódios enriquecem as memórias de um passado recente.
O Porto Formoso ficará mais pobre se algum dia deixar-mos ouvir os motores das suas embarcações!

Com um forte abraço.
Nightmare00 disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Nightmare00 disse…
Ao contrário do que se passa um pouco por todo o lado, parece-me que no porto formoso não foram levadas a cabo medidas de angariação de bens consumíveis do Banco Alimentar Contra a Fome. Importa saber e reflectir sobre o porquê:
- Deixou de haver fome no porto formoso dado os avultados rendimentos mínimos de inserção?;
- Ou a Casa do Povo deixou de participar nesta actividade?.

A propósito tenho um desconhecimento, talvez até ignorante: os responsáveis pela casa do povo têm direito a algum tipo de apoio financeiro ou logístico por parte do estado? é porque se têm é preciso denunciar aquilo que todos nós sabemos!!!
Um abraço para todos os nossos emigrantes!!!
Nightmare00 disse…
Definitivamente, não tem que haver qualquer tipo de apoio para a construção de um pequeno porto no porto formoso pelas razões apontadas anteriormente!

Como complemento ao comentário anterior: era interessante se se convocasse uma Assembleia geral para convocação de eleições antecipadas para os orgãos dirigentes da Casa do Povo!
JASRAPOSO disse…
As pessoas sérias não aceitam realizar qualquer acção que vá contra os seus valores e muito menos pactuar com determinados comportamentos.

Perante umas sociedade cada vez mais mercantilista a verticalidade acaba por ter um preço demasiado elevado.

Felizmente que ainda há liberdade de pensamento e de escrita, apesar de muitos dos nossos colegas blogers optarem pelo anonimato.

Esta situação é do meu ponto de vista aceitável desde que o conteúdo dos escritos vá no sentido construtivo das coisas e sem atingir o bom nome dos visados.

Apesar de não sermos perfeitos, a realidade é que perante muitos factos que se passam no nosso Concelho assiste-nos o direito à indignação.

Lê-se as actas da Câmara Municipal e assiste-se uma distribuição de verbas desiquilibrada entre as várias freguesias, não se conseguindo deslindar quais os critérios adoptados nessa matéria.

A oposição na veração, de acordo com o que se consegue ver nas referidas actas, mais não faz do que perguntas inócoas e com muito pouco sentido prático.

Analisando a vertente social, quem tem a seu cargo o perimetro do Porto Formoso até à Lomba de S. Pedro acaba também por beneficiar uma freguesia e detrimento das restantes.

Numa palavra, algumas pessoas que voluntariamente aceitaram determinados cargos, em vez de servirem equitativamete todas as freguesias pouco mais fazem do que agredir aqueles que menos têm capacidade de reevindicação
deus2 disse…
Toda a gente sabe que a freguesia da Maia ia ser beneficiada e as outras freguesias da costa norte ficavão a chupar no dedo.

Ninguém percebe porque não ha investimento no Porto Formoso. É a freguesia com mais potencial.

Em relação ao porto de pescas devia-se fazer umas obras para melhorar as condiçoes, mas nao se pode fazer muitos investimentos num porto onde exitem apenas duas embarcações a sério.

Amigo nigthmare00 todos os bloggers acham que deviam haver eleições na Casa do Povo para ver se alguem se candidata! Se ninguém se candidatar mais vale fechar a porta do que continuar assim.

Ninguém percebe porque não ha eleiçoes na Casa do Povo.

Adeus
O Regedor disse…
Caro Nigthmare00,

antes de mais saúdo o seu regresso à Casa da Mosca que fica mais rica com o seu estilo de intervenção directo e convicto.

Contudo, não posso permitir que acusações tão graves como as que escreveu continuem aqui no blog, sob pena de se perpectuarem com outros intervenientes.

Embora acredite que muita gente concorda com o que escreveu, há outros locais mais adequados para denunciar tais situações.
Espero que compreenda.

Cumprimentos
AGUIA disse…
Sr. Regedor,

Independentemente de concordar ou não com as críticas do "Nigthmare00" discordo que as mesmas sejam motivo de censura e até de exclusão.
As descrições daquele bloger são uma análise às pessoas enquanto intervenientes em cargos públicos e não de foro pessoal e familiar, pelo que são aceitáveis neste sociedade que se diz democrática
JAGPacheco disse…
Hoje acordamos com a notícia de que a empresa de construção civil “Engil” está a ser alvo de uma investigação por “suspeita” de fuga ao fisco.
Como cidadão responsável exijo o fim da construção civil neste país!

Na primeira e segunda liga as suspeitas de “fuga” e a “falta de pagamento” ao fisco são muitas!
No exercício da minha cidadania radical, não quero maior fiscalização por parte autoridades económicas! Quero o fim do futebol português!

Ps. Sr. Regedor, eu disse que a empresa é apenas “suspeita” e tive o cuidado de não citar o nome de nenhum clube!
sono1 disse…
Quem chega á cidade de Aveiro para alem dos deliciosos ovos moles, poderá encontrar um excelente enquadramento paisagístico, são os “moliceiros” encostados na ria de Aveiro. Seria no meu ponto de vista mais interessante chegar á ria e ver os moliceiros em plena actividade, do que chegar e ver, encostados para o turista tirar umas fotos. No entanto, e como foi uma importante actividade existe uma confraria dos moliços, para continuar a divulgar uma actividade que penso ser relacionada com a apanha do moliço ou sargaço.

Na mesma cidade existe um clube desportivo, como tantos outros, devem milhares de euros ao fisco e á segurança social.
Deverão estes clubes descer à segunda liga pelo facto de dever tanto dinheiro?
Já imaginaram uma primeira liga, sem os três grandes?!
Como é que devemos denunciar um facto real, quando existe grandes instituições a dever à segurança social e ao fisco?
Será que o “pequeno” deverá ser o sacrificado?
Certamente quando todos cumprirem com as suas obrigações fiscais!
Perante esta situação, não admira que Portugal ande de tangas!

Ps: não disse nada que não seja de conhecimento público.

Com um forte abraço.
O Regedor disse…
A Carta Anónima

Muitas das actuais investigações da Polícia Judiciária foram desencadeadas por esta forma de denúncia: a carta anónima.

O cidadão comum que não quiser revelar a sua identidade pelas mais variadas razões (políticas, pessoais, familiares...) pode denunciar, através de carta anónima com a respectiva fundamentação, o que bem entender.

Assim, quem, em nome do interesse público, queira denunciar algo ilegal pode fazê-lo enviando a tal carta às intituições competentes.

Normalmente será à Polícia Judiciária. No caso de fuga aos impostos deve-se denunciar à Inspecção das Actividades Económicas.

Estas instituições darão andamento à queixa caso esta tenha fundamento.

Se há pessoas que fogem aos impostos no Porto Formoso? Há! Como há em qualquer parte de Portugal.

Mas isso não me dá o direito de levantar suspeitas sobre o sujeito ou instituição A ou B.
Dá, isso sim, o direito de denunciar tal facto às entidades competentes.

Cumprimentos
Cavalete disse…
Bem me parecia...

Afinal, sempre houve uma reportagem sobre o atraso das obras nos centros multiusos do Porto Formoso e S. Bras. Foi da autoria do jornalista Pedro Moreira e foi noticia no telejornal da RTP Acores do dia 26 de Outubro. A ausencia de comentarios a noticia so pode ser explicada pela pouca audiencia da RTP Acores entre os bloggers.

Na altura, a comissao fabriqueira decidiu nao se pronunciar sobre o assunto. Segundo o Pedro Moreira, parece que foi um autentico jogo do empurra entre governo regional e camara municipal.

Uma vez mais refiro que este e o principal problema do Porto Formoso no medio prazo. Esperava uma atitude mais reinvidicativa da comissao fabriqueira. Nao e com meia duzia de euros dos peditorios que se vao completar as obras do centro. Tem que haver uma pressao efectiva junto do governo regional!

Ja tentei dar o meu contributo para a resolucao deste problema alertando a RTP Acores, Acoriano Oriental e RDP Acores. Mas isto nao basta, as forcas vivas da frequesia tem que se movimentar para, de uma vez por todas, se conseguir financiamento para as obras. Quem e o lider da oposicao no Porto Formoso? Ele tambem tem que dar o seu contributo.

Enquanto nao resolvermos este problema vamos continuar a fazer criticas muitas vezes inocuas, como as criticas a casa do povo. O que se esta a passar com os multiusos do Porto Formoso e S. Bras e uma vergonha! So mesmo nas freguesias do Norte; nao estou a ver uma situacao destas acontecer nos concelhos da Lagoa, Vila franca ou Ponta Delgada.

Ja discutimos varias vezes, neste blog, este problema, mas estao a faltar algumas fotografias para sensibilizar as pessoas. Sugeria ao regedor a colocacao de uma fotografia do actual edificio da casa do povo e mais duas ou tres do multiusos. Como alguem ja disse, por vezes uma foto vale mais do que mil palavras...
Cavalete disse…
Um "site" que nos ajuda a perceber como muitas familias podem entrar em sufoco financeiro dentro de 1/2 anos. Basta que a Euribor atinja os niveis de Janeiro de 2001.

http://www.kauppalehti.fi/4/i/eng/money/rates/rate.jsp?intid=KOR_EUR06M&days=max
AGUIA disse…
O salão multiusos não anda porque o padre e alguns membros da comissão fabriqueira nunca souberam digerir uma derrota eleitoral para a junta de freguesia do Porto Formoso.
Quando o padre tomar determinado partido e tece elogios públicos a um dos candidatos, é nisso que dá.
Toda a gente sabe disso, mas fala em boca pequena com medo dos ditadores.
JASRAPOSO disse…
Há um placard perto da entrada da Ladeira da Velha a confirmar a adjudicação da repavimentação da estrada entre a Ribeirinha e Nordeste, às empresas Tecnovia e Marques. A duração da obra é de cinco meses.
O que não se entende é porque não começaram pela zona da Ribeirinha.
É um pouco estranho (?) que tenha iniciado a obra pela zona da Casa do Galo.
No fim, o que interessa é que o trabalho está sendo feito e a estrada já reparada está em boas condições
mardonorte disse…
in memoriam
Faz hoje 7 anos que ocorreu o trágico acidente do avião ATP "Graciosa" da SATA Air Açores durante um voo regular entre os aeroportos de Ponta Delgada e das Flores, com escala no Aeroporto da Horta.
O acidente vitimou todos os passageiros e tripulação, num total de 35 vítimas.
A eles e seus familiares é dedicada esta saudosa lembrança.
James Dean disse…
Bem pelos vistos o Placard que está junto à Ladeira da Velha onde se lê que a repavimentação vai da Ribeirinha ao Nordeste, devia dizer o seguinte: Do fim da Ribeirinha ao Nordeste (via Furnas e Povoação). Pelos vistos pararam as obras.

Cumps

James Dean

Mensagens populares deste blogue

Trilhos pedestres no Porto Formoso, onde?

Águas Medicinais da Ladeira da Velha